O  site americano "After ELton", direcionado ao público gay, recentemente elegeu a cantora Christina Aguilera como a nova musa gay, destituindo a Madonna do posto. A novidade foi devido à resposta da enquete promovida pelo site, na qual a cantora teve a maioria dos votos: 36%.
Aqui no Brasil, li algo a respeito de a Lady Gaga ser considerada a atual diva gay, a fonte inspiradora dos gays da nova geração. 
A meu ver, a Christina está no mercado fonográfico há muito tempo para ocupar essa posição e a Lady Gaga, em contrapartida, causou muito e conquistou o mundo em pouquíssimo tempo. Tem mais, digamos, brilho. Pra você, qual das duas representa melhor o cargo? Ou tem outra opinião?

Fotos: Lady Gaga - Galeria de guilherme zamarioli e Christina Aguilera - Galeria de MTV Music (Flickr).
Fonte: "ParouTudo".

9 comentários:

  1. Na minha opinião, a atual diva dos gays é Lady Gaga. Apesar de que tenha voltado a cantar com tudo esse ano, a Christina Aguilera meio que ficou no passado. Talvez seja só agora no fervor de seu sucesso, mas no atual momento, parece que a Lady Gaga é quem ocupa esse posição.

    ResponderExcluir
  2. Meu estranho essa coisa de diva dos gays, rainha dos gays.
    A quatro meses atrás eu nem sabia quem era lady gaga.Alguém ai deve tah pensando:EM QUE MUNDO VC ANDOU?
    Sei lá veio, só sei que eu não sou muito ligado nesse mundo pop.

    Conheci A música dela a pouco tempo e acho que sim é um trabalho legal, diferenciando e inovador.Adoro escutar Bad romance, paparazzi e Poker face.Não curti muito Alejandro,achei a musica paradinha mas fiquei feliz pela "HOMENAGEM" que ela fez aos gays através dessa música...
    Em fim, só queria dizer que eu não tenho nenhuma diva.
    Sempre vejo alguns gays falando que tem um diva, uma musa...Mas eu não tenho!
    Não adoro lady gaga, madona, cristina ou beyonce ou quem quer que seja.
    Acho isso tudo uma grande besteira.Por que eu teria que idolatrar lady gaga?O que ela já fez por mim?Madonna paga as minhas contas?
    Rihanna vem aqui em casa pra me ajudar com o preconceito da família?
    NÃOOOOOOOOOOOOOOO

    Acho que todas são fantásticas naquilo que se propuseram a fazer, e até gosto de escutar alguns de seus trabalhos.Mas não perco o meu tempo abrindo a minha boca pra dizer que são minhas divas.
    Querem saber quem merece ser chamada de diva?
    Dona Severina da feira que se acorda todo dia de madrugada pra vender suas laranjas.
    Dona geraldina, que passa a semana vendendo doces na esquina pra ajudar nas despesas de casa.

    ACORDAAA BRASIL
    Odeio alienação levada por uma aculturação norte americana.

    ResponderExcluir
  3. Willians, preciso pesquisar no seu blog os últimos hits da Christina Aguilera. Não sabia que ela está com essa bola toda.

    Lito, "glamourizar" a mesmice da vida é o crème de la crème do mundo gay. Mesmo lutando pelos direitos, não se pode jamais abrir mão do óculos com lentes cor-de-rosa, da alegria, das cores da bandeira arco-íris, das frescuras (por que não?), das ladies Gagas, Aguileras e etc. Seja bem vindo ao mundo gay.

    ResponderExcluir
  4. Eu sou gay, e não gosto de nenhuma delas. Não ouço, não vejo. Nada contra. Simplesmente não morro de amores. Não me dizem muita coisa.
    Não se trata de abrir mão, mas de falta de afinidade mesmo.
    Será que todo homem que gosta de homem realmente gosta dessas tais divas? Não sei... Também temos diversidade em meio à diversidade.

    ResponderExcluir
  5. Alex, eu quis brincar um pouco com o Lito (rs). Eu tô ligado que há diferenças mesmo entre os iguais. O que eu tentei mostrar é que há gays assumidos com uma tendência maior para glamorizar a vida e/ou torná-la mais divertida. Eu, por exemplo, sou muito na minha - meio careta até - e não saio por aí de óculos com lentes cor-de-rosa ou com a bandeira colorida nas mãos e adoro a Madonna (rs). Mas gosto do humor e admiro os que fazem dele o seu lema.

    ResponderExcluir
  6. Ow Juninho eu sei que tu tava de onda comigo.Até por que eu sei que vc naum tem cara de quem fica dando pinta.

    auhshauhs tu deve ser mais sério, ao menos tem cara. Mas vc tah certo mesmo, eu adoro esse lado comico de alguns gay que deixar tudo mais colorido e feliz. Mas só quis deixar claro que naum perco meu tempo idolatrando pessoas, seja quem for.
    Xerus pra ti

    ResponderExcluir
  7. Junnior, rs. Nos EUA, a Aguilera não tá com tanta bola. Mas na Europa sim :)

    ResponderExcluir
  8. Bom, parece que para gays o conceito de "Diva", se reduz a "artista feminina da música pop". Nunca vi agregarem outro aspecto. Então, qualquer uma pode ser "Diva gay", seja Shakira, Beyonce, Lady Gaga, Aguilera, Mariah Carey, Wanessa ... Eu, particularmente, não gosto de nenhuma delas e não vejo porque qualquer mereça ser especialmente idolatrada por gays como se tivesse algo além da música pop que fazem. Bom, talvez Lady Gaga, que possui um discurso pró-LGBT bem explícito e relativamente engajado. É uma lástima que a cultura gay esteja reduzida afetação,boates e artistas pop. Não me oponho a essas coisas. Apenas acho pobre estar reduzido a isso. Não há realmente diversidade dentro desta comunidade que diz defender a diversidade.

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.