Nos últimos meses, foram publicadas, aqui no Navve Guei, duas postagens sobre o beijo entre personagens homossexuais nas novelas ou séries da TV brasileira - ou a falta dele (Beija Eu, Me Beija - Beijo Gay na TV e Beijo (gay) de Bom Gosto na TV). 
Com a estréia da novela "ti ti ti" ontem, essa esperança reacendeu.
A novela tem muito a ver com a temática gay. Vários personagens são notoriamente homossexuais e até quem não é finge ser, como é o caso de um dos protagonistas, Jacques Leclair (vivido por Alexandre Borges).
Mas os que causaram mesmo no primeiro capítulo exibido ontem foram Julinho e Osmar,  personagens homossexuais assumidos e apaixonados, interpretados, respectivamente, pelos atores André Arteche e Gustavo Leão. Fofos os dois.
De cara, no primeiro encontro do casal, ficou claro o namoro e pareceu que já iriam tascar o primeiro beijo da TV. Ou um selinho, pelo menos. Mas não. Ao invés, houve carícias, um prolongado beijo (ou um cheiro) dado por um no pescoço do outro, troca reveladora de olhares e outras demonstrações que substituíram o tão desejado e esperado beijo. As cenas prosseguiram e outra surpresa: um sonoro e supostamente sincero "eu te amo" foi dito por Julinho após uma breve discussão com Osmar. 
Gente, verdade seja dita, as cenas, nas quais os dois personagens apareceram ou eram o foco da atenção, surpreenderam pela clareza da condição e da relação homossexual e pelo carinho de ambos, mas o beijo ainda está em falta e parece que ele ainda não surgirá dessa vez. A julgar pelas notícias que rondam sobre a novela, o personagem Osmar (Gustavo Leão) morrerá logo nos primeiros capítulos, deixando o Julinho provavelmente desolado. 
Em época de criação e discussão de leis que abordam a igualdade de direitos civis entre todos os cidadãos (por falar nisso, por favor, vote na enquete que está exatamente ao lado direito dessa postagem), não posso deixar de dizer que ainda há hipocrisia - e até um desserviço - na forma pela qual a TV brasileira trata as relações homossexuais, haja vista a falta do beijo nas novelas, tão valorizado nas cenas entre personagens heterossexuais. O velho tabu permanece. 
Por outro lado, confesso que, numa novela nacional, ainda não havia assistido nada igual ao que foi exibido ontem. Meio ponto para a TV brasileira.
Em tempo: chocado com a notícia da morte do filho - Rafael Mascarenhas, de 18 anos - da atriz e apresentadora, Cissa Guimarães, por quem sempre tive uma grande admiração. Que ela, principalmente, os amigos e os demais familiares recebam todo o carinho e conforto nessa fase. Certamente o Rafael está sendo bem recebido pelos seus guias espirituais.
Hoje é o dia do amigo. A todos os amigos da minha vida e os conquistados aqui no Navve Guei agradeço o carinho e a atenção. Tenham todos um feliz dia.
Foto: divulgação/Rede Globo.




7 comentários:

  1. Apesar de ter imaginado, eu não sabia que essa novela teria homossexuais. Eu tava todo felizinho lendo o teu post até vc dizer que um deles irá morrer nos primeiros capítulos... bah, mas que droga. Eu não assisti a novela, deve ter a cena dos dois no You Tube, né?
    Mas, pelo jeito, ainda vai demorar para termos o primeiro beijo gay em novela já que, pelo que parece, não tem autor inovador o bastante para isso. Ou também, talvez seja censurada pela própria Globo não permitir que os autores coloquem beijo gay nas suas tramas.

    ResponderExcluir
  2. Junnior, haviam dois comentarios seus a serem publicados no meu blog...o primeiro que descreveu o sonho, e o segundo dizendo que deu erro...desculpe, mas aceitei o primeiro deles... achei demais interessante a descrição do seu sonho...

    Estou chocado com a morte do caçula de Ciça Guimarães. Forma tragica de morte para um jovem de apenas 18 anos. Nada irá consolar nos proximos anos, espero apenas que ela tenha forças pra suportar.

    Beijos gays em novelas da globo vivaram atrativo pra Ibope. Eles mencionam mas nunca colocam. Alta cupula da Globo ja deve ter deixado isso bem claro aos profissionais da casa.

    abração

    ResponderExcluir
  3. Junior,
    gostei deste post.
    Quanto a cena do beijo em Ti Ti Ti... acho desnecesário.
    Quem se ama... se beija. Não necessáriamente em público...
    Precisamos andar devagar se quisermos de fato ir longe...
    Beijo querido
    Cristina Brasil

    ResponderExcluir
  4. esqueci de dizer que penso IGUAL para as relações HÉTEROS.
    Intimidade é para quatro paredes.
    Claro, eventualmente perdemos a linha e tudo bem...rs
    Mas eventualmente...
    Demonstração de afeto ou tesão em público... pode ofender muita gente... especialmente os mal amados...
    Beijo
    Cristina

    ResponderExcluir
  5. Cris, eu entendo o seu ponto de vista. O beijo na TV não precisa ser muito expressivo. Fica feio e até grosseiro. Porém, vamos combinar que o beijo romântico entre os personagens de qualquer trama, seja na teledramartugia, filmes, séries ou seriados, é - antes de ser uma questão estética - cultural. No mundo! Então que se dê o tratamento igual aos personagens homossexuais. Aí, sim, concordo que as cenas românticas devam ser feitas com o devido cuidado para não cair na vulgaridade. Mas isso os diretores sabem fazer bem. Só depende da criatividade.
    Beijos e obrigado pelo seu comentário.

    ResponderExcluir
  6. Rafael, não tem problema. A intenção foi essa mesmo. Só pirei quando apareceu a mensagem de erro após escrever aquilo tudo. Obrigado querido.

    ResponderExcluir
  7. Willians, alguém já deve ter disponibilizado o primeiro capítulo no YouTube. Se ainda não o fizeram, é uma questão de horas.
    Abraços e obrigado.

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.