Praga
Se você está com pouca grana e mesmo assim pensando em conhecer alguns lugares da Europa, tais como: Barcelona, Roma, Paris, Amsterdã, Praga e outros gays-friendly, não deixe de visitar o
www.gayhomestays.com.
.
Paris
Roma
O sistema é totalmente web-based, feito para viajantes que precisam de acomodações com preços acessíveis.
São os proprietários que divulgam quartos para alugar, pousadas, B & B (?) e até apartamentos. Tudo proporcionado preferencialmente aos turistas gays. 

Segundo o proprietário Dave Chambers, são mais de 20 cidades espalhadas pela Europa e o plano, até o próximo verão, é de expandir o serviço para alguns países da América e para a Austrália. 
Ibiza
Os "anfitriões" cadastrados são, na maioria, jovens profissionais de trinta anos mais ou  menos que, de certa maneira, precisam ganhar algum dinheiro extra. Para se tornar um, o futuro host deve cadastrar os dados exigidos, dentre os quais ser uma casa de família gay-friendly. Se aprovado, será configurado como uma página de perfil, na qual o próprio 'host' será capaz de gerenciar as reservas e disponibilidades.
Amsterdã
Fonte: site "gayuknews.com".
Fotos: Google.

Um comentário:

  1. Fala Junnior..td bem?
    Vi esta foto de Praga e nao pude deixar de falar alguma coisa sobre a cidade.
    Vc sabe que conheço muitas cidades da Europa, nao estou me gabando rs rs só afirmando. Mas nao sei se vc sabe que fui em Praga em outubro do ano passado.
    É uma cidade fantastica, nao tão grande e parece magica. Eu, antes de ir , ja imaginava que era legal... mas superou longe minhas expectativas. Tudo la é mais barato que os outros lugares da Europa.
    A ponte que se ve na foto do seu site, a ponte Charles(um dos pontos turisticos mais visitados, com + ou - 700 anos) na realidade é realmente assim. Magica.
    Beijo
    Fermendes

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.