Lembra-se da voluntariosa e determinada Scarlett O'hara do clássico "E o Vento Levou"?
A personagem consagrou a carreira de Vivien Leig (1913-1967) e lhe proporcionou o primeiro Oscar de melhor atriz, recebido em 1939 - o segundo foi em 1951, por sua interpretação de Blanche Dubois, em "Uma Rua Chamado Pecado". Chegou a ser incluída numa lista, elaborada pelo Instituto Americano de Cinema, como uma das mais belas e importantes personalidades do século XX.
Laurence Olivier e Vivien Leigh
A atriz foi casada durante 20 anos com o também ator e diretor Laurence Olivier (1907-1989), sofria do transtorno bipolar e morreu subitamente, em decorrência de uma tuberculose, aos 53 anos.

O casal se divorciou em 1960, mas Roy Moseley, autor do novo livro sobre a atriz e ex-assistente de Laurence Olivier, não hesitou em afirmar, sem provas, que ambos foram infiéis desde o início do relacionamento; que Vivien, além de ter se relacionado com outros homens, como o bonitão Marlon Brando e Rex Harrison, manteve affairs com, pelo menos, três mulheres, dentre as quais a atriz Isabel Jeans.
Durante uma filmagem com Marlon Brando
O livro revela mais intimidades da atriz a ponto de declarar que ela até contratou serviços de prostituição masculina. Será que o ex-assistente continua gostando dos ex-patrões?

Fonte: site "enewspaper"
Fotos: Google.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.