Rafael Cardoso num ensaio para a revista "Junior".
Estamos acostumados a vê-lo nas novelas interpretando pitboys, mas o lado romântico e sensível de Rafael Cardoso é mostrado de uma forma surpreendente nas cenas do filme Do Começo ao Fim, do diretor Aluizio Abranches.

A trama estreou no final do ano passado e tem algumas cenas já disponíveis em vídeos do YouTube.

Com cenas gravadas no Rio de Janeiro e Buenos Aires, o longa é polêmico. Mistura amor, beleza, romantismo, sensualidade e incesto numa relação formada entre os meio-irmãos Thomás (Rafael) e Francisco (João Gabriel Vasconcelos).

João Gabriel (fotos laterais) também participou como repórter do programa semanal sobre sexo Vai e Vem comandado por Preta Gil, no GNT.


Cena do vídeo de divulgação do filme.
No elenco, entre outros atores, estão Júlia Lemmertz e Fábio Assunção como os pais dos rapazes.

A beleza dos atores, os olhares, beijos ardentes e apaixonados nos deixam boquiabertos. De tirar o fôlego. 

Assista ao trailer oficial do filme.



Fotos: Google.

8 comentários:

  1. Tá aí um filme que eu dificilmente verei, se a temática fosse outra, ainda vai, mas essa história de incesto não desce pela minha garganta. Sei que arte é arte, mas meu lado reacionário fala mais alto...kkk

    ResponderExcluir
  2. Vi o filme. Duas vezes. Não preciso dizer que gostei.
    Pena que é apenas uma obra de arte. Fala sobre o amor de uma forma utópica. Na vida real, infelizmente, dois irmãos podem se matar, assassinar pai e mãe, traficar, roubar. Tudo isso é menos condenável do que, principalmente, o amor, com sexo, entre irmãos. Padrasto comer enteadas, pode. Irmão comer irmã, pode. Mas quando a temática, para além de algo proibido e naturalmente criticável, ainda cai na esfera das discussões sobre homossexualidade, realmente fica muito complicado encontrar alguém que aceite ver o filme, conhecer a história, sem condenar liminarmente.
    Sei que minha opinião choca, mas não vejo problemas -- principalmente porque entre eles não há o perigo da reprodução com manifestação de caracteres deletérios, possíveis no casamento entre irmãos, primos etc. Só não acredito que seja possível na vida real. Como disse, acho que se os dois meio-irmãos, ao invés de encarar de frente o amor e a atração que sentiam um pelo outro tivessem optado por um matar o outro, o filme seria perfeitamente aceitável. Especialmente se não fossem gays.
    Estamos muito longe dessa possibilidade, da aceitação do amor entre pessoas quando esse amor não vai prejudicar ninguém, a não ser nossas convenções.
    O filme vale por tudo. Muita gente gostou, muito mais pessoas detestaram. O mundo é assim.
    Só uma observação, o Rafael Cardoso é lindo, gostoso e tudo o mais, tudo perfeito. Mas ator, ele, se vai ser um dia, não sei. Por enquanto, inclusive no filme, deixa muuuuuito a desejar. Não tem expressão, faz tudo como se estivesse num desfile de modas, muito entediado. (No filme, aquela cena em que ele recebe o meio-irmão em Moscou como se estivesse recebendo um entregador de pizza, francamente!...).
    Há muitos casos de atores que foram trazidos ao mundo do cinema e da tv pela beleza e depois acabaram se motrando, ou se transformando em, atores mais do que razoáveis. Um desses que está aprendendo e caminhando muito bem, na minha opinião, é Cauã Reimond, o Bocão.
    João Gabriel, por outro lado, no filme, etá muito bem! Vale a pena ver o que dizem o diretor, alguns atores e principalmente a Julia Lemmertz sobre o filme, quando do lançamento do filme RJ.

    http://www.youtube.com/watch?v=GohjlrnQvOI&feature=player_embedded

    ResponderExcluir
  3. Alex, obrigado por compartilhar a sua opinião. É ótimo ter um comentário de quem assistiu ao filme.
    Abraços.
    Junior.

    Dois, se ainda não viu, assista pelo menos ao vídeo la no canal do NG (You Tube). As cenas são tão envolventes.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Junnior,
    estou louca para ver este filme. Na minha mesa de trabalho estou, casualmente com os outros dois do Aluizio que vi neste fds. Um copo de cólera e As tres Marias! Que coisa!
    Parece que ainda não saiu nas locadoras!
    Beijo
    Cristina Brasil

    ResponderExcluir
  5. Junnior,
    como vc mencionou o papel ontem, resolvi conferir Tititi. Como suspeitava, na novela o Rafael Cardoso está péssimo, pior ainda do que no filme. O papel de vagagundo de classe alta também não contribui. O garoto, na minha opinião, não tem expressão, não passa emoção alguma, e ocupa lugar nas telas, por enquanto, só mesmo pela beleza.
    E, data venia, mesmo considerando apenas o quesito beleza masculina, pelo que vi ontem, a tal novela é pródiga e tem outros, vários, muito mais interessantes. Cito apenas três: um que faz um tipo que me pareceu algo cafajeste, Caio Castro, que ainda vai amolecer o coração; outro, o top pra mim, André Arteche, que já é bom ator, além de belo; e, beleza por beleza, ficaria com Humberto Carrão. Conferi os nomes no site pra não citar errado, pois não conhecia nenhum deles.
    No filme, como você verá, ele tem excelentes -- e incríveis e admiráveis e invejáveis e desejáveis -- dotes, mas não como ator. (pornô, poderia ser, desde já). Acho que não foi a melhor escolha para o irmão do excelente João Gabriel, que incomparavelmente melhor.
    Do Começo ao Fim ainda não existe em dvd, mas pra quem curte baixar, sei q existe por aí. Coincidência das coincidências, nosso colega blogueiro do "Entre Homens" (http://homensquentes.zip.net);acaba de colocar um link para download do filme (http://www.megaupload.com/?d=lzukv7qa)
    Fica a dica pra leitora Cris Brasil.
    Bom fim de semana e bom filme a todos!

    PS: Sou contra e nunca baixei um filme na vida, mas reconheço que há horas em que esse é o único recurso...

    ResponderExcluir
  6. Acabo de ver que o filme já existe nas locadoras. Lançamento.
    Não localizei, entretanto, ainda, para compra.

    http://www.oscaritovideo.com.br/?filme_id=96524

    ResponderExcluir
  7. O filme é bem legal e polemico. O comentário do 'conversapelomundo' sintetiza muito bem o conteúdo do filme. Abcs, Junnior !!

    ResponderExcluir
  8. eu não acredito que estou vendo o Rafael Cardoso com outro homem!

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.