Foto de Ben Heine (Flickr)
A revista americana "Journal of Biological Chemistry" publicou essa semana um estudo feito pela Escola de Medicina de Michingan (E.U.A.) a respeito de uma classe da proteína da banana que poderá ser utilizada na prevenção e no tratamento da AIDS.
A lectinina produzida pela fruta, chamada de BanLEc, já era conhecida pelos cientistas como uma classe de proteína capaz de unir-se a substâncias à base de carboidratos e, como a superfície do vírus HIV é rica em carboidratos, ela poderá unir-se a ele antes que se fixe nas células sanguíneas.
Segundo os pesquisadores, os meios para a utilização da proteína como remédios são viáveis e poderão ser comercializados tanto na prevenção (microbicida à base de gel), como no tratamento, reduzindo o custo dos atuais coquetéis. O problema, segundo afirmaram, é que irá demorar.
Curiosidade: a banana é também boa para os músculos; no tratamento da TPM e da prisão do ventre; ajuda a diminuir a ressaca; a parte interna da casca - ainda verde - pode ajudar na cicatrização de queimaduras e pequenas feridas.
Fonte: sites "Abril.com" e "Delas"

Um comentário:

  1. Só porque eu não como banana! Da última vez que comi(já faz uns bons anos) fui parar no hospital...

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.