Foto: Galeria de "ldp38" (Flickr).
Quem acompanha o Navve Guei ("NG")desde o início sabe que que o secretário de defesa dos E.U.A., Robert Gates, tem sido o maior entrave para o fim dessa política americana, hipócrita, que exige segredo dos militares gays quanto a orientação homosssexual, sob pena de expulsão.

Ele é o do contra e, mesmo após o mandado judicial, proferido eesta semana por uma juíza distrital da Califórnia, o qual suspendeu a expulsão de militares baseada nessa política, continua esperneando e bravateando com seus  argumentos reacionários e preconceituosos: Esta decisão terá grandes consequências às tropas americanas.

E não satisfeito, ainda põe lenha no fogaréu, tentando reascender o fogo da intolerância: Este é um assunto que deveria ser discutido no Congresso e não no tribunal. E essa nova política requer muito treinamento para ser introduzida.

O governo terá 60 dias para recorrer da decisão do tribunal da Califórnia, mas, tudo indica, que o prazo transcorrerá em branco.

O secretário de defesa: Robert Gates.
Foi ele que, em julho deste ano, 6 meses após ter se comprometido a fazer um estudo sobre o impacto da anulação da lei perante os 400 mil militares americanos, apresentou um questionário que incluiu, dentre as 103 perguntas, algumas pérolas do tipo: "Como você se sentiria sobre dividir chuveiros com soldados gays ou lésbicas? E dividir com eles uma barraca em tempos de guerra?". Me economize!

Abaixo, os links das outras postagens do NG sobre a política "Don´t Ask, Don´t Tell":

2 comentários:

  1. Eu sou adepto do "se me perguntar, eu falo"... a pessoa escolhe, se quiser saber, vai ficar sabendo.

    ResponderExcluir
  2. Com certeza, se é contra pra que quer saber?

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.