Há menos de um ano, Shen Qingjing (foto) era um jovem em busca do seu maior sonho: o de se tornar mulher e, depois, encontrar o amor - um homem, claro - casar-se e seguir a vida.
Em maio deste ano, Shen concretizou a primeira parte do sonho quando se submeteu à cirurgia de troca de sexo. A outra, bem, esta tem gerado muita polêmica na província de Jiangsu, da República Popular da China.
A população ficou chocada com o simples fato de ela ter utilizado a internet para publicar vários anúncios nos quais descreveu abertamente a sua nova sexualidade, o local onde mora e, evidente, o objetivo de encontrar o seu homem.
A partir de então, tornou-se alvo de críticas generalizadas e ficou conhecida como a primeira transexual da província de Jiangsu: Tenho muito poucos amigos, então resolvi me virar na internet em busca do meu parceiro ideal, contou a transexual  para a imprensa que a procurou após o rebuliço.
Por enquanto, são aproximadamente 200 sinceros pretendentes interessados na jovem, segundo ela mesma informou.
[as pessoas ainda relutam para aceitar o fato de que há gays, travestis e/ou transexuais que não pensam somente em prostituiçao]


3 comentários:

  1. "as pessoas ainda relutam para aceitar o fato de que há gays, travestis e/ou transexuais que não pensam somente em prostituiçao"

    Verdade, e muitos que procuram este caminho o fazem por não conseguir outras vias de sobrevivência. E os que o fazem por opção estão sendo apenas senhores do próprio corpo...

    às vezes comento com o maridão: ser gay igual a nós dois é muito fácil, difícil é andar com um cartaz luminoso, com gliter e neon a gritar "sou gay", caso dos travestis... não consigo nem imaginar como deve ser.

    Já resolvi lá o problema do site, agora você pode incluir os blogs...

    ResponderExcluir
  2. concordo com o comentario do dois ,e isso mesmo, quem tem uma vida vamos dizer mais brilhosa com certeza sofre mais, mas acho que tudo e valido, a nova geração agradece!Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Como assim " encontrar o amor - um homem, claro"

    Existem trans que por exemplo, no caso de se transformarem em mulheres, são lésbicas... O fato da troca do sexo nada tem a ver com a orientação sexual.

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.