Insensato Coração estreou ontem e é a primeira novela da Rede Globo com um núcleo próprio para os personagens e locais LGBT. 
Além dos seis personagens gays e um homofóbico, Kleber (que será vivido por Cássio Gabus Mendes), dois locais servirão de ponto de encontro: uma luxuosa casa noturna, com direito a pool parties e tudo e um quiosque na praia do Leme (Copacabana), cuja dona é Sueli (Loise Cardoso), mãe do homossexual Eduardo (Rodrigo Andrade), e com quem Kleber se envolverá [na vida real existe mesmo um famoso quiosque LGBT na praia, o Rainbow, em frente ao Copacabana Palace].
Os autores Gilberto Braga e Ricardo Linhares, tudo indica, criaram o personagem homofóbico por conta dos ataques contra gays ocorridos nos últimos meses no Rio de Janeiro e em São Paulo e há quem diga que está prevista uma grave agressão homofóbica - talvez até um homicídio - logo no início da trama, mas nada a ver com o personagem do Cássio, nem com os centrais. 
Linhares compareceu ao evento de apresentação do elenco, que aconteceu no último dia 5 no Projac, e informou aos jornalistas que haverá gays de todos os tipos, desde os escondidos no armário, discretos até os mais escolados e assumidos.

Leia abaixo o resumo de cada um.

Eduardo e Hugo (Rodrigo Andrade e Marcos Damigo, respectivamente os da foto acima)
Digamos assim que será o casal romântico do núcleo gay. Eduardo é filho de Sueli (a dona do quisoque) e perceberá que gosta mesmo é de homem no meio da trama quando conhecer Hugo, um discreto, porém assumido, professor de Direito.

Xicão (Wendell Bedelack)
É vendedor e atendente que trabalha para Sueli no quiosque. Ele é assumido e fará um personagem fofoqueiro que promete muita confusão e risadas.

Roni (Leonardo Miggiorin)
Não encontrei muita definição do personagem. O que se sabe é que será assumido e amigo inseparável de Natalie Lamour, uma ex-integrante do BBB e a personagem da Deborah Secco.

Álvaro (Edson Fieschi)
Advogado. Tudo indica que será o enrustido ou escondido no armário, já que, apesar de ser o chefe, se submete às perseguições homofóbicas do subordinado Kleber.

Uma agente penitenciária (Cristiana Oliveira)
A personagem ainda não tem nome definido porque só entrará na trama mais pra frente. Apesar de a mídia divulgar que será gay, o diretor Linhares desmentiu. Segundo ele, não foi definida a sua orientação sexual, pois a personagem terá outro apelo.

Barão de Gamboa ou BG
Casa noturna LGBT especialmente montada para a trama.
O espaço foi criado num mix de prédio antigo com a modernização e o conforto de suas instalações: neon na entrada, bar, sinuca, pistas de dança e até uma piscina. O cenário todo levou três meses pra ficar pronto e a Gamboa seria o bairro onde está localizado. Chique no último.



11 comentários:

  1. Sou noveleiro assumido... a última eu só vi o primeiro e o último capítulos, não me agradou. Vamos ver se essa é melhor. E que o núcleo gay seja mais do que apenas mostrar preconceito ou sofrimento, please!

    ResponderExcluir
  2. Vamos ver o que sucederá.Nao aguento mais ouvir falar de beijo gay.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. não sou noveleiro e não espero nada de bom q possa vir de Dona Globo!

    nem vou perder meu tempo e passar raiva ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  4. Acho que nenhuma outra novela teve tantos personagens gays como essa.
    A Globo nunca esteve tão gay quanto atualmente, Ti Ti Ti, BBB e Insensato Coração.

    ResponderExcluir
  5. A Globo quer transformar exceção em regra mesmo. Parece que o sonho dessa famigerada emissora é que todo lar tenha um viado ou um sapatão dentro. Resultado: Não assisto ela. Idiotas...

    ResponderExcluir
  6. A Globo como sempre dando o "bom exemplo"...como criar os filhos assim???

    ResponderExcluir
  7. Anônimo disse...

    A Globo como sempre dando o "bom exemplo"...como criar os filhos assim???

    20 de janeiro de 2011 02:35


    Caro Anônimo,

    não é a TV que educa e instrui nossos filhos, somos nós. Educação e respeito vêm de casa, de berço. Se vc criar seus filhos ensinando-os a ser preconceituosos, eles serão. Hj em dia as coisas são diferentes, as mulheres trabalham fora, alguns homens ajudam a cuidar dos filhos, existe a liberdade de expressão, vivemos num mundo globalizado, a informação é mais acessível. Creio que vc deva se atualizar para educar bem seus filhos, aceitando as `diferenças` q hj existem, respeitando os sentimentos e opções de cada um. Cada um é livre para fazer oq quiser c a sua vida, desde q haja o respeito mútuo. Sou hetero, mãe de uma menina linda de 10 anos, que parece entender mt melhor q vc como as coisas são, q respeito pelo próximo tem mt mais valor do que opção sexual, q a TV é apenas algo para se distrair, não para se reproduzir (salvo casos onde existe a boa ação).
    Um abraço..

    ResponderExcluir
  8. Devia ter um casal de lesbica...adoro lesbicas...beijos.

    ResponderExcluir
  9. Essa boate da novela é super-mega inspirada na The Week São Paulo. Tem fotos que não se sabe qual é uma e qual é a outra.

    ResponderExcluir
  10. Pro inferno malditos gays!!!!Novela escrota

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.