Daqui a pouco tempo você não faltará mais o trabalho por causa de uma gripe forte. Ela poderá ser erradicada do mundo e entrar para a lista das doenças do passado graças à recentíssima descoberta de uma vacina capaz de alcançar todas as cepas do vírus, segundo informou os cientistas da Universidade de Oxford, os criadores, ao jornal britânico "The Guardian".
Segundo consta da publicação, a vacina já foi testada em humanos (fase final) com sucesso e, no futuro próximo, as pessoas terão que tomá-la somente uma vez, pois a técnica utiliza uma parte do vírus que não sofre mutações. Com isso, a vacina se torna universal e aquelas anuais que já conhecemos serão desnecessárias.
Que avanço da medicina! Até hoje, o vírus da gripe ocupa o segundo lugar entre os mais mutantes e só perde para o HIV. Este seria o principal motivo alegado pelos cientistas que impedia a descoberta de uma vacina eficaz. Quem sabe agora estaremos mais próximos da vacina que acabe de vez com a AIDS?
Fonte: Jornal Nacional.

5 comentários:

  1. Onde estava essa vacina na semana passada????????????

    ResponderExcluir
  2. hey! valeu pela visita lá no blog.
    não conhecia aqui tbem.
    gostei! voltarei outras vezes!

    abraço

    ResponderExcluir
  3. Mas, até chegar à população em geral pode demorar um pouco, né? Mas é assim mesmo, em passos lentos a medicina avança.
    Uma vacina que acabe com o vírus do HIV acho beeem mais difícil de descobrirem.

    ResponderExcluir
  4. erradicar a gripe não é uma boa idéia, imagina só, algum ditadorzinho louco guarda um pouquinho e depois o virus se espalha, imagina qntas pessoas morreriam de gripe pq o corpo não estava mais preparado pra combate-la?

    ResponderExcluir
  5. Hum... ter esperança não custa, né. Afinal erradicaram a varíola.
    Eu vou esperar sentado.

    Beijos

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.