Bem Cohen (férias)

Desde 2008, quando se sentiu honrado pelo título do atleta mais desejado pelos leitores da revista "GayTimes", desbancando o até então campeão da categoria David Beckham, o jogador e super astro de rugby Ben Cohen, 31,  se tornou um adversário da homofobia e um ativista em prol do respeito à diversidade sexual.

Algumas de suas declarações resumem bem o seu sentimento:
  • O simples fato de aceitar quem gosta de mim sem importar a orientação sexual faz uma grande diferença para os gays
  • Sou  privilegiado por ser feliz com a minha vida e todas as pessoas deveriam ter a oportunidade de se sentirem assim: felizes sendo quem são.
Ben Cohen (capa da revista Compete)
Ano passado, ele foi convidado e aceitou ser capa de uma revista esportiva dedicada aos gays e às lésbicas, a americana Compete Magazine. Na entrevista,  ressaltou a sua contribuição na luta pela aceitação da diversidade sexual e considerou que estava fazendo a coisa certa quando soube que ajudou alguns pais a aceitarem filhos gays.

O projeto para este ano vai além: o astro pretende promover a igualdade gay & hétero nos campos. Para tanto, fez parcerias com clubes importantes com o intuito de focar a atenção na causa e conseguir dinheiro para a turnê com participação de clubes gays e/ou gay-friendlies de rugby americanos e ingleses.

Os eventos para a arrecadação acontecerão, o primeiro no dia 07 de abril, em Manchester, com o Village Rugby Club, e, o segundo, com o King Cross Steelers em Londres, dia 20 de abril, para uma noitada de "cerveja com o Ben" ("Beer With Ben").

Ben Cohen (vestiário2)

O jogador, por meio do "The Ben Cohen Acceptance Tour", pretende ainda visitar algumas cidades importantes dos E.U.A. em maio deste ano com o intuito de conscientizar e encorajar as pessoas a: (i)lutarem contra a homofobia e o ‘bulliying’; (ii) serem tolerantes; e (iii) respeitarem as pessoas.

Os fundos arrecadados serão destinados para ajudar o trabalho desenvolvido pelo "Gay, Lesbian, Straight Education Network".
Mais depoimentos de Ben Cohen:
Ben Cohen com filho
  • Não acho que temos o direito de julgar o que é certo ou errado;
  • Graças a minha contribuição, recebo vários e-mails, essencialmente de jovens que se sentem hoje mais completos por assumirem a sua sexualidade perante amigos e familiares;
  • Eu abraço a diversidade, além dos meus fãs gays. Acho que todos devem ter o direito de dizer o que quiser, desde que não machuquem ninguém;
  • Estou ansioso para realizar os eventos deste ano. Além da diversão, informarei todos os detalhes e falarei mais sobre a minha carreira de rugby.
Ah, o jogador é casado e pai de dois filhos gêmeos.
Mais informações, visite o site de Ben Cohen.

11 comentários:

  1. Legal ele ter essa atutude. o que me espanta, às vezes, é que muitos gays têm atração por caras que se dizem assumidamente homofóbicos, alguns até sendo rotineiramente convidados a posar em revistas. Aliás, sempre me pergunto porque revista gay só vende bem com cara hétero na capa...

    ResponderExcluir
  2. Que lindo G-sus! ODARA! Titchya amou!

    Digno, cheio de louz e talentón!

    Um exemplo a ser seguido.

    Beijos meu querido!

    ResponderExcluir
  3. Palmas pra ele.
    Homem que é homem não é homofóbico!

    ResponderExcluir
  4. É o que digo, pode demorar, aliás, sempre haverá quem não nos tolere, mas que a visão a cerca da homossexualidade vai melhorar, vai e muito.
    Basta olhar pra trás!bjs!

    ResponderExcluir
  5. Trabalho Maravilhoso!
    Estou lendo os posts atrasados.Estava com visitas em casa.Tive que dar atençao a elas.

    ResponderExcluir
  6. Eu já conhecia o Ben Cohen através do Facebook, onde ele mantém um perfil e é bem receptivo aos fãs.

    É um exemplo raro de atleta hétero que não se sente incomodado por ter fãs gays, pelo contrário, uniu o útil ao agradável : tornou-se, de certa forma, um militante da causa e viu sua popularidade cresceu.

    Uma coisa que eu adoro nele é que um puta tesão e não se faz de rogado : sempre presenteia seus fãs mostrando o corpão, na medida do possível,rsrsrs.

    Sou fã desse cara !

    Obs.: Parabéns pelo blog ! Já está na minha lista de " favoritos". Grande abraço !

    ResponderExcluir
  7. Obrigado, Fernando. Honrado e feliz por saber que o blog entrou na sua lista de favoritos.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. parabens pra ele, nao sou gay, mais admiro os gays pela sua coragem etc...
    sao pessoas inteligentes que intenden de mota, designe etc...
    preconceito eh pra idiotas entao
    parabens

    ResponderExcluir
  9. Muito boa a iniciativa dele ^^
    Sou hetero, mas não homofobico, e acho extremamente RIDÍCULO quem se diz homofobico, não existe o pra que de não gostar e/ou odiar os gays. É como eu dizer que só gosto de ser amigo de caras que gostam de morenas. Caras que gostam de ruivas ou loiras eu tenho nojo. Oque o gosto deles tem a ver com a amizade que pode haver entre nós? É cada um na sua e pronto =D

    ResponderExcluir
  10. curti o post.
    durante muito tempo eu queria acreditar em mim quando dizia que aceitava homossexualismo.
    hoje eu realmente aceito, tenho um primo gay, e dois amigos com quem saio constantemente, e eles são pessoas maravilhosas.

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.