A Comissão de Direito Homoafetivo da OAB/RJ, sob a coordenação da desembargadora aposentada do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul e advogada especializada em Direito Homoafetivo, Maria Berenice Dias (foto), realizará no Rio de janeiro um congresso no qual serão abordados temas relacionados ao novo ramo do direito que visa principalmente o alcance das leis do direito de família à população LGBT.
O evento terá duração de três dias (23 a 25 de março) e contará com assuntos importantes como: família homoafetiva, adoção homoparental, transexualidade, sucessão, homofobia, aspectos previdenciários e muito mais, além dos palestrantes de primeira categoria: juízes, procuradores, professores, promotores, advogados, médicos e até um padre. A excelentíssima ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Nanci Andrighi encerrará o evento (aquela que é relatora e iniciou a seção - com voto favorável - do julgamento da união homoafetiva no STJ em 23/02/2011, mas que acabou adiada. Leia aqui) 
O preço é R$ 250,00 com direito a festa de encerramento (dia 26, sábado) na casa noturna GLS mais badalada do Rio. Depois de tanto tempo sentado assimilando informações jurídicas do universo LGBT, ainda pode rolar um clima com aquele colega gato na festa. Se não, poderá sacudir essa cabecinha (informada) numa 'bateção de cabelo' digna na "The Week".
Para mais informações, acesse aqui o site da OAB/RJ.

Um comentário:

  1. Certas coisas que se discute no mundo jurídico hoje em dia, queiram ou não os radicais de um lado ou de outro, terão necessariamente que ser consideradas pela humanidade.

    Eu mencionaria três, não em ordem de importância para toda a humanidade: o código penal, sistema prisional e forma de punição da maioria dos crimes; a questão do aborto; e a união civil entre pessoas do mesmo sexo.

    Todas elas referentes a direitos civis, básicos, elementares, direitos humanos, que a gente pode fingir que não existem, mas afetam a vida de boa parcela da humanidade. Indiretamente, a todos!

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.