Você já enviou a sua foto para a campanha? Não? Pois é, eu também tava meio de bobeira aqui na blogsfera cuidando de outras coisas e quase perdi a vez. Acordei hoje, peguei o laptop, visitei o blog do meu queridíssimo Paulo Braccini (do Enfim, é o que tem pra hoje...) e li sobre isso. 
Que idéia legal! Qualquer pessoa, gay ou não, poderá aderir. Basta fazer uma foto assim e enviá-la para projetoeusougay@gmail.com (até dia 1º de maio).
Criada pela jornalista Carol Almeida, a campanha #EUSOUGAY é contra o ódio, a favor da tolerância e, claro, do AMOR.  Você poderá saber mais detalhes clicando aqui
Peguei papel, hidrocor e 'vois la'. Olha que bonitinho.


6 comentários:

  1. Ti fofo!Teu s2 é nobre.#prontofalei.

    PS: continua totosao,hein.kkkk.Brinks. :P

    ResponderExcluir
  2. Como eu disse lá, acho legal a ideia da foto em si, mas o video eu acho meio sem sentido, pregar para convertidos.

    ResponderExcluir
  3. Ju, que lindón você na foto e mais ainda, a campanha é simplesmente maravilhosa, mas vou com os DPNN, o vídeo eu acho forçação de barra. Enfim, Titchya não tira a foto do rosto pq a certidão de nascimento é uma coisa que deve ser abaphada.

    Bêjas.

    ResponderExcluir
  4. Apoio irrestrito ... aderi tb ...

    ps: Gatão eim? rs

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho pensado sobre a campanha da jornalista Carol Almeida. Desde o começo, algo me incomodou e não tinha identificado.

    Agora, pensando melhor, e conhecendo os fundamentos que a motivaram, que eu, como mãe orgulhosa do mais lindo gay do mundo defendo, acabo de descobrir.

    A frase certa não é “EU SOU GAY”. A frase certa é “SER GAY É NORMAL”.

    Isso sim teria um grande impacto. Imaginem mães, pais, avós, bichinhos de estimação, celebridades das ciências e das artes repetindo essa frase, fotografando com cartazes, imensos outdoor espalhados por todo o mundo vendendo essa verdade.

    Eu trabalho em uma empresa há muitos anos e minha vida não me deixa tempo livre o suficiente para ter um site e registrar as minhas idéias. Que talvez eu me organize para fazer em um futuro próximo, pois me descobri militante da causa gay (Não sei se já cheguei a falar para vocês, mas minha formação é o jornalismo).

    Mas, enfim, vou deixando esses registros e quem sabe, juntos, conseguimos pensar em algo que frutifique nesse sentido.

    ResponderExcluir
  6. Junnior, te mandei um e-mail.

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.