Foto: Howard Berman
O deputado Jair Bolsonaro, do alto de um trio elétrico, participava de um protesto religioso em Brasília, em frente ao Congresso, contra o projeto de lei anti-homofobia. Um grupo de homossexuais fazia coro contra o deputado e o dito cujo deu uma de ímpio e tacou água em cima, provocando ainda mais os ânimos da galera. Ele gosta, né?
Ao descer do trio, uma drag queen se aproximou para, provavelmente, responder à altura e o parlamentar (faz-me rir chamar esse homem de parlamentar) tacou-lhe água novamente.
Já numa entrevista, indagado pela imprensa sobre o porquê daquilo, o pavio-curto teria respondido com as seguintes pérolas:
Estava muito calor. Se eu pudesse, jogava a garrafa. Uma drag queen veio me provocar e esguichei um pouco de água nela, para ver se ficava mais calma. Esse pessoal se comporta como um bando de lixo.
E quanto ao moço que a polícia imoblizou ali, depudado?
Era só o que faltava. Apanhar de um boiola seria sacanagem, teria dito o boca-rota.
Gente, e ninguém filmou essa palhaçada? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.