Quem assistiu ao Jornal Nacional ontem viu os beijos de alguns casais gays em frente às câmeras da Globo.

Que absurdo! Horário em que tantas crianças e pessoas de idade assistem a TV. Não pode. Olhe as fotos acima e abaixo. São dois homens e duas mulheres se beijando na boca em plena televisão de casa.


Aonde isso vai parar? Fico imaginando aquela senhora do interior do nordeste do brasileiro. Ela acaba de chegar da novena na casa da vizinha e adentra ao lar vendo essas cenas na TV e as crianças comentando:

-  Ó, legal mãe. É casamento gay...
- 'Queísso minino'? Que canal é esse?
- Globo, mãe!
- !?!

Está nos jornais, na internet, nas revistas. Teve até festa pra comemorar!


É o fim da hipocrisia!

Mais imagens do "casamentão" gay do Rio.
Se quiser ver a matéria do JN de ontem, na íntegra, clique na primeira imagem da postagem. Mas cuidado, as cenas são fortes.


Imagens: cada foto foi publicada com os nomes do fotógrafos em arquivo. 


15 comentários:

  1. Acabei de assistir ao JN na Globo Internacional.
    Achei que os casais ficaram tímidos em frente das cameras.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Nada a ver, cara! Você tem preconceito com você mesmo! Os pais devem mostrar aos filhos as diversidades sexuais e mostrar-lhe as implicações dos caminhos que poderão seguir, não é impondo a heterossexualidade e banindo relações homossexuais em programações que crianças se tornarão mais gays, e sim mais abertos a demonstrar a sua sexualidade. E quem disse que é errado a homossexualidade e que ela é mais impura que a heterossexualidade? Apoio totalmente a iniciativa do jornal da Globo, mesmo sabendo de todos os empecilhos e radicalismos que enfrentarão.

    ResponderExcluir
  3. Pois é, Junnior, eu não vi nesta hora - estava no trabalho, mas vi depois no Jornal da Globo após o jogo do Santos (Uhuuuuuuuuuuuuuu!). Fiquei pensando: "cadê aqueles malas que ficam criticando a Globo como se ainda estivéssemos na ditadura militar?" Espero sim que façam agora um mea culpa e reconheçam que a emissora não é esse poço de homofobia que dizem.

    Sobre o casório, li em algum lugar que o número de pessoas que legalizaram a relação em todo país é bem menor do que o esperado, e que esse casamento coletivo era uma forma de tentar "bombar" a situação. Procede?

    ResponderExcluir
  4. e os ventos mudam ... é a força da natureza e dos verdadeiros Deuses ... é isto querido ...

    bjão

    ResponderExcluir
  5. Pois é, e o mundo não acabou, os céus não pegaram fogo e APOSTO que ninguém vaideixar de assistir a Globo por causa dessa matéria...Então, por que demoraram TANTOS anos pra deixar os gays se beijarem em cena??

    Muito orgulho dos casais que se dispuseram a aparecer no vídeo, e a todos que tomaram essa atitude de validar suas uniões oficialmente!

    Abraço, Júnior!

    J.

    ResponderExcluir
  6. Anônimo: foi uma ironia! Obrigado por escrever.

    DPNN: Tudo bem? E o Santos ontem, né? Eu vi um pedaço do jogo (rs). Neymar tá com tudo.
    Quanto ao casório, eu não ouvi falar sobre isso e acho que deve ser boato. De qq maneira, o q prepondera é a evolução das leis. Pra mim, não faz diferença se dois ou mil casais gays celebram seus casamentos. O mais importante é poder casar; é o País permitir quem quiser.
    É como o gay que tá no armário: cada qual tem o seu tempo. Abraços.

    Lobinho, Bratz, Foxx e James (sumido), obrigado pelos 'comments'.

    ResponderExcluir
  7. A palavra de ordem é quebrar barreiras...chega de se esconder, de mascarar a nossa realidade, de fugir dessa sociedade opressora, de viver as escondidas como se fôssemos algo sobrenatural....

    A homossexualidade está e sempre estará entre nós e não pode ser encarada com hipocrisia ou preconceito...

    Belo post! bjoxxxxxxxxxxx no coração

    ResponderExcluir
  8. Ah! antes q eu me esqueça...ADOOOOOOOOOOOOOOOREI o novo layout...ficou lindo, super moderno!

    bjoxxxxxxxxxxx querido!

    ResponderExcluir
  9. Também assisti no Jornal da Globo, e amei, imagino o nervosismo, afinal, quebrou-se um tabu, e que venham mais cerimonias como essas! Luxoo! Ai kd meu amô?

    ResponderExcluir
  10. Fiquei sabendo disso hj no ônibus. Tava de mãos dadas com meu namorado, quando o cobrador ironicamente puxou o assunto do casamentão gay. Ele reparou e me contou após descermos do ônibus. Que pena, teria dado uma alfinetada à altura.

    Quanto ao blog, tá mais fácil até pra comentar. Parabéns.

    Quanto à ironia, tem gente que demora a pegar no tranco até ao vivo, imagina por escrito... complicado, Junnior !! rs

    E pra terminar... a Globo tá muito estranha... há algo por trás disso. Não acredito em nada de bom vindo da plim-plim...

    abcs!

    ResponderExcluir
  11. Olá menino
    Achei simplesmente fantástico. É isso aí, os tempos mudaram, mas ainda falta muito.
    Bjux

    ResponderExcluir
  12. Se bestar é mais facil a senhorinha da novena respeitar do que alguns engravatados aqui do rio .


    beijão pra todos dos eu amigo washington d aigreja contemporanea

    ResponderExcluir
  13. ana flavia: que nojo, onde nosso Brasil vai parar...
    mas td bem assim como estava escrito que Jesus morreria e morreu,tbm esta escrito essas imundicies e os mais fracos caem nelas...pra se cumprir!!!
    cuidado esse prazer é passageiro!!!

    ResponderExcluir
  14. Eu não concordo que foi algo ruim. É importante surgir alguém com peito para "decupar" as ladainhas e andar pra frente. A reportagem foi excelente no sentido de tratar com toda a naturalidade do mundo o fato de que "caros, telespectadores, olhem aí: eles estão juntos HÁ ANOS, HÁ ANOS".

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.