Cá estou mais uma vez pra gente bater um papo gostoso. E vamos à moda hoje em continuidade à nossa linha mestra de conversas: a tendência.
Êta palavrinha perigosa porque atua no subconsciente. Uma pessoa pode ser influenciada a usar um estilo de roupa ou uma simples camisa diferente por um comportamento em evidência. O resultado pode ser legal. O problema é que, às vezes, ela não consulta a sua devida consciência e isso poderá resultar em uma roubada. E assim caminha a moda!

As celebridades todos os anos são apontadas em listas das 10 mais bem vestidas ou o contrário. Mark Zuckerberg (foto), aquele pobrezinho que inventou o "Facebook", foi bombardeado pela mídia em 2010 por sempre aparecer mal-ajambrado. Ele está  -- desculpe o termo, mas é apropriado--, cagando para tendências e, por conta disso, foi eleito a ou uma das celebridades mais deselegantes dos últimos tempos. Ao lado dele, outros famosos chamam a atenção talvez mais pela maneira extravagante de se vestirem do que pelo trabalho que realizam. É o caso do ator/comediante inglês Russel Brand.
Aqui, no Brasil, lembrei de dois conhecidos nossos que são, digamos assim, "over".

Um dos homenageados da coluna "Perfil" do IdG há algum tempo foi o Doctor Ray ou o Doutor Hollywood (foto acima). Geralmente com roupas chamativas, é difícil ele não 'combinar' uma camiseta beeem transparente - sempre na cor preta - com um blazer, um terno, um simples casaco ou sem nada mesmo. O importante é exibir o peitão malhado.
Outro que nos diverte também pelo modo de se vestir é o cantor Falcão (foto ao lado). Apesar de se mostrar um cara inteligente, ele optou por um visual colorido e extravagante para compor aquela quase caricatura de cantor de músicas bregas.
Mas, pensando bem, será que eles estão mesmo tão fora do contexto quando o assunto é moda, ou melhor, tendência -- pra ser coerente com o início da matéria?
Vamos àquelas lentes que mencionei na primeira postagem da coluna CotYdianus?
Direto do Fashion Week brasileiro ("FW") -- que acabou a temporada verão 2012 aqui no Rio e agora ferve em São Paulo --, podemos fazer uma comparação dos modelitos deles com os apresentados pelas grifes que investem no 'look' masculino: "Totem", "O Estudio", "Bristish Colony", entre outras.
Após conferir as imagens abaixo, vocês até poderão achar que o Falcão e o Dr. Ray bem que poderiam dar uma pinta lá no FW. 
Cores, estampas e grafismos:
Totem
O Estúdio
British Colony
Transparências:
Coca-Cola Clothing
O Estúdio
British Colony
Louis Vitton (Paris-Verão 2012)
Estamos falando de verão, logo, não podemos esquecer as sungas! E para fazer jus aos modelos com as laterais largas (de sempre), ele que, na contramão dos mal vestidos, é um exemplo de celebridade chique e elegante, Daniel Craig. Já repararam como ele adora uma praia e está sempre com um modelo diferente de sungão?
Blue Man (Rio Fashion Week - Verão 2012) - Reparem abaixo nas espadrilhas/sapatilhas. Lembram? Antiiigaaas.
E, pra finalizar mesmo, a atração do desfile da Aüslander: o Zombie Boy (Rick Genest).
Até a próxima.
Beijos.
Junnior.
Fotos: extraídas do Google e dos sites: G1 (Globo); "Homem Moderno"; "Portais da Moda"; e "Zona Sul Fashion".

7 comentários:

  1. informativo, contudo, vc mal falou das sungas, o q tem de diferente nelas esta temporada?

    ResponderExcluir
  2. Nada, Foxx. Continuam em alta os velhos sungões. O que poderá sobressair neles para o próximo verão são também as estampas coloridas, listras ou grafismos.
    Mmesmo sem muita novidade para as sungas, não podia deixar o Daniel Craig com essa mão cheia de fora, né? Ele é mesmo considerado um símbolo de elegância entre as 'celebrities'. Adoro.

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito dos coloridos ... usaria ... #fato

    ResponderExcluir
  4. cara, embora eu adore moda, roupas e coisas do tipo, confesso que não tenho a evolução espiritual necessária para entender um desfile de moda... eu vejo aquelas coisas e acho tudo meio Lady Gaga: legal para ver, mas não faz parte do mundo real...

    ResponderExcluir
  5. Gostei da tendencia desse ano,principalmente do grafismo.

    Beijos,querido

    ResponderExcluir
  6. Adoro moda, mas PQP, que saudades do Balenciaga, Givenchy, Dior....Concordo com DPNN: tudo tem cara de Lady Gaga...cadê uma moda clean , usável e clássica sem esse conceito terrível de "tendencia"? ( horror!! Horror!!)
    Ps- A minha fogueira das vaidades ficou mais forte, rsrs...Obrigado pelo elogio a foto!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Babado esses desfiles, de fato, cores, grafismos, parece legal na passarela, mas e dificil ver isso cair na moda popular.
    Os sungoes Adorei também.
    Pena que meu corpitcho num pooode.Beijos!

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.