Marilyn Monroe e James JeanDizem por aí que a morrer jovem é eternizar a juventude. Dizem também que vaidade é uma das maiores características dos artistas.
Ícones do cinema morreram muito cedo, no apogeu da fama e do sucesso. São até hoje imitados e até idolatrados pelos mais jovens que os consideram símbolos de beleza, de juvenilidade, de determinação e de rebeldia.Mr. Bruce LeeSomente com essas palavras já podemos pensar em personalidades como James Jean, a melhor personificação da rebeldia e angústias próprias da juventude da década de 1950;  Marilyn Monroe, símbolo de sensualidade e apontada como ícone de popularidade do século XX; ou Bruce Lee, responsável pela popularização dos filmes de artes marciais no mundo e considerado o artista marcial mais importante do século XX.Adolf HitlerNa contramão, há também os que foram eternizados não pela juventude ou pela arte, mas pelo horror que causaram à humanidade. É o caso de Adolf Hitler que suicidou-se aos 56 anos, após ter escapado quase ileso de, nada menos, 42 graves atentados contra sua vida. Devido a isso, ele acreditava que a Divina Providência intervinha a seu favor.
Mas, enfim, como seriam eles se a vida terrena lhes tivesse prolongado a existência?
Quem possibilitou essa proeza foi o fotógrafo polonês, Phd em física quântica, Andrzej Dragan.
Em seu sinistro e belo site, há muitos trabalhos interessantes, porém, para fazer jus ao que foi aqui abordado, trago imagens de três das figuras públicas acima mencionadas. Confiram e digam se não é um trabalho primoroso.
Mais abaixo, o vídeo com a música (e tradução) “Forever Young” (Alphaville), a qual serviu de inspiração para o título desta postagem.
Marilyn Monroe por Andrzej Dragan
Bruce Lee por Andrjez Dragan
Hitler por Andrjez Dragan





10 comentários:

  1. Me deu medo deste site, não quero nem ver.... sobre o Bruce Lee, o interessante é a história da infância dele. Os pais queriam uma filha e o criaram como uma garota, sabia?

    ResponderExcluir
  2. Achei interessantissimo, mas faltou Elvis Presley ;p

    ResponderExcluir
  3. nem me fale nisto ... OMG ...

    então ... vamos tb ... arruma as malas e bora pra MV ...

    qto ao amigo coxam nem sei por onde anda mais querido ... sumiu ... evaporou ... mas, com certeza não é mais um jovem com todo aquele vigor da foto ...

    rs

    ResponderExcluir
  4. O Hitler velho ficou parecido com o Paul Newman. hahaha

    Mitos, mitos e mais mitos. Para suportar a frustração dos desaires da vida (duma vida de contínuos falhanços) todos os mitos são admissíveis. É essa a nossa realidade.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. sempre achei o Bruce Lee lindo!

    ResponderExcluir
  6. Deus é mais bee, imagina Hitler vivo ainda, kkkk, volta pro mar! Bjs e bom findi!

    ResponderExcluir
  7. HAHAHAH, Adorei o comentário "volta pro mar, hitler", HAHAHAHAHHA. Volta pro mar, oferenda! ahahahahahahah

    ResponderExcluir
  8. Rindo muito aqui com esse post e fotos.
    Ju,vc poderia fazer um post com suas fotos: de baby até os dias atuais.
    :P
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Elisabeth Taylor era um desses ícones mas que fugiu à regra.Continuou linda e avançou na terceira idade, ao contrário dos citados no post. Além da beleza utilizou sua fama e prestígio em prol do ativismo LGBT, principalmente com o advento da AIDS.Ou seja, não bastava ser linda, tinha que ser uma DIVA tbm..rsrs

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.