Levei meu velho cão para uma consulta.

Cheguei desabafando: "Ele piora cada dia e não dá para não fazer nada. Passei por mais de cinco veterinários e nenhum conseguiu resolver o problema. Gastamos nossas reservas com exames, remédios e acupuntura. Agora, só resta fazer algo para que ele não piore e nem sofra".

Ela respondeu:"Por favor, me dê crédito para tentar. Seu cãozinho está sofrendo demais".

Concordei.

O legal foi que os quatro remédios que ela receitou custaram menos do que um dos outros tantos que a última veterinária receitou. No tratamento anterior, tivemos que suspender tudo porque tantos remédios fizeram surgir outros problemas que não existiam.

Uma semana depois que comentei no blog sobre uma terrível crise do meu velhinho, ele está andando e se equilibrando melhor, recuperou o apetite e está com os olhos mais vivos. E olha que o bichinho está surdo e com catarata. Ele tem 14 anos.

Devemos ficar atentos aos remédios receitados por veterinários. Muitos estão de conluio com os fabricantes. Pergunte sempre se aquele medicamento tem a versão para humanos. Os fabricantes produzem o mesmo produto, alteram o nome e destinam uma versão para os bichos nas 'pets', e outro para pessoas nas farmácias.

A diferença é o preço. Os vendidos em 'pet' custam três ou quatro vezes mais, mas os componentes são os mesmos.

A imagem incrível que ilustra essa postagem é do blogueiro e artista conhecido como Otakuzinho. No seu blog, há muito trabalhos que hipnotizam a gente.


9 comentários:

  1. E q vc e seu caozinho curtam ainda muito momentos juntos.

    ResponderExcluir
  2. Fico feliz que deu td certo,Ju.
    Ah,eu conheço o blog do Otakuzinho.Recomendei-o a alguns amigos.huahuahuau.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi menino
    Também estamos na casa da mãe, no maior sufoco com sua cadelinha, a Zizi. Também fizemos uma peregrinação por veterinários, e constatei que assim como na medicina humana, na veterinária tem vários picaretas que querem aproveitar de seu estado emocional para ganhar dinheiro. A mãe chora todo dia, mas acho que a Zizi vai ficar bem. Espero.
    Bjão

    ResponderExcluir
  4. Que alívio, amigo! Saber que o teu fiel companheiro está melhorando e consequentemente tu estás mais tranquilo e sossegado de temores.

    Mas, oh meu deus! como na minha terra tudo é diferente! Por lá os medicamentos veterinários são vendidos nas farmácias (afinal são medicamentos né) tal como os de uso humano, seguindo regras idênticas. Não tem essa coisa de veterinários e pet shops venderem medicamentos. Com essa dispersão de comercializadores é bem natural que dê em especulação de preços e em oportunismos gananciosos.

    Mas o que conta mesmo é que ambos vós estais de melhor ânimo e saúde.

    Um grande abraço e beijos.

    ResponderExcluir
  5. Querido! Sou veterinário e sou obrigado a concordar com vc. Não confie em clínica q tem um pet anexo ... #fato ... uma vergonha ... onde anda a ética e o Conselho Federal? Já pensou em consultório médico ou clínica humana com uma farmácia anexa? É o fim mesmo ...

    bjão

    ResponderExcluir
  6. vou anotar a coisa sobre cebola e alho...

    ResponderExcluir
  7. que ótima notícia, Junnior! Cheguei recentemente de viagem e fui recebido pela minha cadela Joelma como um soldado voltando da guerra...kkk Só quem tem um cachorro sabe do amor incondicional que esse bicho tem pelo dono.

    ResponderExcluir
  8. Feliz demais com as boas notícias.

    Junnior, passo por apertos com a minha maezinha de 90 anos. A sequela desse último tombo foi a vétebra L1 entrar em meio colapço. Não está fácil!

    Idosos merecem carinho e precisam de muita atenção, sejam as nossas maezinhas ou o melhor amigo do homem.

    Beijos felizes por você e o seu velho e melhor amigo.

    ResponderExcluir
  9. Junior, que bom que o seu amigo está bem ... olha anota ai uma boa e ótima clinica veterinária e com preço legal é a da Faculdade Metodista e ano passado meu amiguinho Taz foi super mega bem atendido lá ..
    Já que vc deu uma dica sobre alimentação para os dog's .. quero completar ..não de nada além de ração , afinal elas são balanceadas e completas para o animal

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.