[para ler a postagem anterior, clique aqui]
A verdade é que é muito difícil uma pessoa se colocar no lugar da outra e entender as suas razões. E estava sendo muito difícil ser incomodada e, mesmo entendo as razões, controlar a raiva. Mas esse é um exercício que devemos fazer para nos mantermos bem. E foi o que eu fiz. 
Foquei no fato de que é normal reagirmos quando nos sentimos menosprezados naquilo que é mais íntimo e pessoal: nossos sentimentos. Foquei no fato de que a rejeição provoca uma dor muito grande e que a reação é diretamente proporcional à maturidade, ao autoconhecimento e até à experiência de vida. E mais focada ainda me mantive em uma verdade na qual acredito: quem sabe mais, quem viveu mais e quem tem mais maturidade também tem um compromisso maior com a solução dos problemas.
Quando percebi que cheguei em um nível de autocontrole, compreendi que não poderia voar em cima da Simone no caso de uma provocação direta. Comecei a prestar atenção aos seus passos e constatei que ela estava sempre nos seguindo, a mim e ao Gaúcho. Resolvi inverter a situação.
Eu estava fazendo um curso e o Gaúcho ia me buscar. Descobri que ela estava sempre numa lanchonete, em frente ao prédio onde eu fazia o curso. Um dia, saí meia hora antes e ela não estava. Na lanchonete, me sentei a uma mesinha atrás de uma pilastra. Passou uns quinze minutos e a vi chegar. Achei humilhante ela se dispor a ficar espionando tudo, desde a chegada do Gaúcho até o momento em que eu e ele partíamos juntos de carro. Era muito para quase nada. Fiquei com pena dela naquela situação. 
Bem, ela se sentou e eu não esperei nem um minuto. Fui lá. 
- Oi Simone. Que bom te encontrar aqui. Acho que precisamos conversar.
Ela arregalou os olhos. Estava visivelmente assustada e surpreendida. Me sentei à mesa onde ela estava.
Na próxima quarta eu contarei como foi a nossa conversa.
Até lá meus amigos.
Cassia IG (papodemaeig@gmail.com)

4 comentários:

  1. Acompanhando!Gostei da sua visão sobre o assunto, foi muito madura!

    ResponderExcluir
  2. sigo atentamente, e aguardo o desenrolar do papo.
    Bjux

    ResponderExcluir
  3. Produçao,libere a outra parte.
    #malvada.
    Beijos.

    PS:A vdd é que nao aceitamos a perda.Precisamos de tempo para amadurecermos.

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.