David Testo (2-editado) - jogador de fuetbol, ex-MLSDavid Testo (1) - jogador de fuetbol, ex-MLSDavid Testo (3-editado) - jogador de fuetbol, ex-MLS
Jovens atletas estão cada vez mais assumindo a homossexualidade.
David Testo, 30 anos, é jogador de futebol profissional, meia do Montreal Impact. Ele pertenceu a uma das mais importantes ligas da federação de futebol, a Major League Soccer ("MLS") que representa a nata dos jogadores americanos e canadenses.
Test resolveu revelar que é gay e disse que esta é a melhor forma que encontrou de conciliar em paz a sua vida pessoal e profissional.
Numa emocionante entrevista à CBC Rádio-Canadá.Ca, o jogador contou a dificuldade de ser um atleta profissional e gay no armário e esclareceu que a família e os colegas de clube já sabiam. Leia abaixo trechos da entrevista do jogador ou acompanhe aqui (em inglês).
Eu sou homossexual, eu sou gay. Eu não escolhi. É parte de quem eu sou e isso nada tem a ver com o fato de ser jogador de futebol. Você pode tanto ser um excelente jogador de futebol e ser gay...
Eu realmente lamento não ter dito publicamente antes. Lutei comigo mesmo por toda a minha vida, durante a minha carreira inteira. Viver a vida de um atleta profissional e ser gay é incrivelmente difícil. É como vestir um segredo em sua bagagem e nunca ser você mesmo. Mina a sua energia apesar de você precisar dela para jogar.
[...]
Isto me fez perceber que a vida é muito mais do que o futebol ou de ganhar e perder. É sobre os relacionamentos que você constrói com as pessoas ao seu redor. No final, quando você está deitado em seu leito de morte, não é sobre quanto dinheiro você fez ou de quantas vitórias você tem, nada disso. Você quer saber as conexões que tinha com as pessoas e a diferença que você fez na vida delas. E eu realmente agradeço por ser quem sou porque, hipoteticamente falando, não sei quem eu me tornaria se não assumisse, mas sei que isso me levou a crescer de tal forma como nunca havia imaginado.
-->

5 comentários:

  1. e que muitos mais sigam o exemplo!

    ResponderExcluir
  2. Acho que é a tendencia,conforme o preconceito vai diminuindo.

    Ju,enviei um e-mail.Beijos.

    ResponderExcluir
  3. outra coisa q não entendo [mas respeito q fique claro] é esta dificuldade em se assumir ...

    bjão querido

    ResponderExcluir
  4. eu queria saber se depois dessa "assumida" ele sofre retaliações que os que se assumiram aqui no brasil ..
    Agora um detalhe ele é muito gostoso :)

    ResponderExcluir
  5. Fala-se tanto em armário e eu precisando tanto dum para guardar meus escassos livros e minhas poucas roupas. Será que não haverá por aí alguém com um armário que me possa ceder?

    Gostei muito das afirmações do Tesco. As maiores felicidades para ele!

    Beijos

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.