Eles comovem o mundo com a sua "love story", mas a história, verdadeiríssima, não terá um "happy end".
Buddy, 20, e Pedro, 10, são dois pinguins africanos criados em cativeiro por um zoológico americano e foram enviados para o zoológico de Toronto, Canadá, em maio deste ano.
Assim que foram colocados juntos os dois não se separaram mais e vivem como um casal apaixonado. Segundo os funcionários do Toronto Zoo, ambos se tornaram a atração tanto do público quanto dos próprios funcionários. 
Não há como negar que Buddy e Pedro mantêm uma relação amorosa, informou Joe Torzsok, presidente do conselho do zoológico de Toronto. 
Até a corte que antecede o ato do acasalamento é feita e ambos se acasalam todas as noites como um casal de macho e fêmea. Além disso, emitem o som típico de defesa de território, teria dito outro funcionário.
Durante o dia, eles são misturados com os demais pinguins do zoo para nadarem e brincarem na piscina com janela subaquática para o público ver.
Mas o amor de Buddy e Pedro está com dias contados porque o zoo decidiu separá-los para, disseram, a preservação da espécie.
Por um lado, o zoológico tem razão. Os dois foram levados ao zoo para ajudar a mantença da espécie por lá. No entanto, por outro, a decisão pode parecer precipitada, senão egoísta. 
E se eles permanecessem juntos em seu canto? O zoo compraria/pediria/ganharia outros dois machos os quais seriam colocados com suas respectivas fêmeas em cativeiro pra não haver risco, de novo, de se apaixonarem.
Os pinguins gays se tornariam a maior atração do Toronto Zoo e serviria de mascote aos gays. Não obstante, eles são uma lição para muita gente que teima em dizer que homossexualidade é coisa do homem e é antinatural.
Vamos lançar a campanha "Deixem Buddy e Pedro Juntos!". Clique em "curti", do Facebook, para fomentar a ideia.
Veja os dois vídeos abaixo. O primeiro, exibe Buddy e Pedro de verdade e, o segundo, resume a história numa divertida animação lançada pela NMA TV, de Taiwan.


Fonte (e foto): MailOnLine.

6 comentários:

  1. Tadinhos!Já curti no FB.
    Beijos,Ju.

    ResponderExcluir
  2. sobre meu blog, tentei consertar a confusão, vê se melhorou.

    ResponderExcluir
  3. Afff! Quanta estupidez!
    Já nem os animais escapam à taradice da gestão de interesses comerciais!
    Não! Não me venham com essa de que é em proveito da preservação da espécie! O interesse é a preservação dum número mínimo de exemplares que mantenham a continuidade de visitantes.
    Farto desta ganância capitalista!

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Campanha apoiada, em nome do verdadeiro amor, que historia linda!bjs!
    Blog está um espetáculo!

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.