Há cinco anos a indústria fashion vem dedicando parte de seu tempo na luta contra a AIDS.
Uma vez ao ano, estlistas/designers doam roupas, modelos e maquiadores o tempo e trabalho. Tudo isso para arrecadar dinheiro para a GMHC (Fight AIDS. Love Life - Brigue com a AIDS. Ame a vida), organização americana sem fins lucrativos que presta serviços às pessoas com HIV/AIDS, fundada em 1981. O evento ocorreu no último dia 18, no Metropolitan Pavilion, NYC.
No evento, destaque para algumas tendências deles. Estilos que vemos em sites ou revistas, mas ainda não chegaram às ruas, como unhas holográficas, sungas menores e muita, mas muita estampa, colorida ou não, mas sempre grande. É o que haverá no próximo verão. Confira as fotos de Julia Chesky (models.com).
Acima, o top model Seth Kuhlmann. Abaixo, os top models: (i) David Agbodji; (ii) Brian Shimansky e Charlotte Free; (iii e iv) Rob Evans; (v) Ram Boneh; (vi) Erik Sage, (vii) Brian Shimansky(?). 


2 comentários:

  1. É sempre louvável que a sociedade civil se dedique e empenhe em causas humanitárias.
    O mundo da moda é um dos mercados alvo do universo LGBT, logo nada mais adequado que esses empresários retribuírem com um gesto de reconhecimento apoiando uma causa que tão de perto tocou esse grupo social.

    Quanto às tendências; eu apoiarei sempre essa tendência de sungas cada vez menores. E que tal se também fossem transparentes? hehehe

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Já pensou transparentes, ai que o fogo ta armado!jejeje

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.