Há uma confusão geral quanto às etapas da série épica "Spartacus", da rede Startz, exibida pelo canal Globosat HD. Na verdade, a segunda temporada tem estreia prevista para 27 de janeiro de 2012.
Com o título "Spartacus: Vengeance" (Vingança), a série apresentará o ator Liam Mcintyre no lugar de Andy Whitfield, o carismático e lindo ator australiano que deu vida a Spartacus nas duas primeiras partes (e não temporadas) da série: "Spartacus Blood and Sand" e "Spartacus Gods Of The Arena". Liam é também australiano.
Andy morreu em 11 de setembro deste ano, aos 37 anos, vítima de um linfoma não Hodgkin (câncer nos gânglios linfáticos), o mesmo do ator Reynaldo Giannechini.
A terceira temporada já começou a ser produzida por Startz e isso significa que teremos muitas estórias de sangue, intrigas e homens sensuais em 2012. 
Nos vídeos abaixo (o primeiro é o 'trailer' e o segundo contem gravações e entrevista), percebe-se que que grande parte dos atores/personagens da primeira temporada continua, como o sensacional Crixus, interpretado pelo ator neozelandês, Manu Bennett (na foto abaixo, com o protagonista Liam Mcintyre).
Mais detalhes sobre a série, leia aqui a postagem de março deste ano, publicada pelo Identidade G.


6 comentários:

  1. nunca assisti ... vou conferir a nova temporada ... estimulante ... rs

    ResponderExcluir
  2. Está nos meus planos comprar a Série em DVD... será mágico!

    Bjos

    ResponderExcluir
  3. adorei saber disso!
    adoro as duas primeiras partes.

    ResponderExcluir
  4. esta série é de fato muito boa
    adoro

    beijão querido e que bom que postou sobre ela

    ResponderExcluir
  5. A série é excelente. Tão boa quanto Rome da HBO ! Mas será difícil não comparar com o falecido Andy !

    ResponderExcluir
  6. Nunca assisti tambem, mas hei de assistir, afinal, esse tema, esse visual e realmente hot.

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.