Richard Nixon(1913-1994) e Shakespeare (1564-1616) viveram épocas e profissões diferentes, mas tanto um como o outro teriam mantido relações homossexuais, segundo revelações de Dom Fulson e Stanley Wells, o primeiro um veterano correspondente da Casa Branca, o segundo um estudioso, professor e especialista em Shakespeare.

A bissexualidade de Shakespeare não é exatamente novidade, mas há quem garanta que ele era mesmo homossexual por causa da polêmica declaração do ator inglês Ian McKellen (Senhor dos Anéis, X-Man, Código Da Vinci) sobre os romances homossexuais do maior escritor do mundo: Não há nenhuma dúvida que William Shakespeare mantinha relações sexuais com homens.

O professor Wells esclareceu que há vários sonetos de Shakespeare que são, inquestionavelmente, dirigidos a um homem (site Portugal Gay).

Quanto a Nixon, a coisa complica de um lado e esclarece de outro.

O ex-presidente era considerado homofóbico e um exemplo é sua reação ao saber que um de seus assessores na Casa Branca havia sido pego mantendo relações sexuais com um marinheiro: É um doente. Esse tipo de gente não deve ocupar cargos de confiança, teria declarado o único presidente da história dos E.U.A. que renunciou o cargo em virtude de seu envolvimento no escândalo Watergate.

De acordo com as revelações de Fulson, no livro Nixon's Darkest Secrets: The Inside Story of America's Most Troubled President (Os Segredos Mais Sombrios de Nixon: O Outro Lado do Presidente Mais Problemático da América), o ex-presidente manteve um longo relacionamento com o banqueiro de origem cubana Charles Bebe Rebozzo - há rumores que Charles mantinha ligações com a máfia.

A amizade entre Nixon e Bebe era conhecida por todos durante o período em que governou o país, tanto que um frequentava a casa do outro. O ex-presidente visitava o amante em sua casa quando estavam desacompanhados das respectivas esposas.

Em depoimento ao autor do livro, um repórter da revista Time contou que flagrou Nixon segurando a mão de Charles sob a mesa durante um jantar em Washington. Não se sabe o motivo de não haver registro desse flagra, suspeita-se de medo do repórter ou porque, na época, as câmeras fotográficas não permitiam tanta rapidez nos cliques.

6 comentários:

  1. manter um homossexual em suas relações acabaria atraindo uma atenção pra ele mesmo q com certeza ele não ia qrer não é?

    ResponderExcluir
  2. Júnior, minhas fotos sou eu mesmo que bato. Coloco a câmera no automático e tenho 10 segundos pra me preparar pra foto.

    ResponderExcluir
  3. acho que sou um dos poucos que não sabia nada disso... rs

    ResponderExcluir
  4. Nixon gay é novidade, mas não me espanta. Já nada me espanta nestes dias.

    Beijos, querido

    ResponderExcluir
  5. Ah! Voltei, havia esquecido o resto do comentário! rsrs

    Mas ainda há quem tenha dúvidas quanto á bissexualidade de Shakespeare? Oh valha-me a santa hipocrisia! E o mesmo se passa com o nosso Luís de Camões. Segredos que todos querem disfarçar. "Alma minha gentil..." não era dedicado a uma donzela, mas sim a um jovem da corte... mas isso é outra história, que acabou com o exílio nas Índias.

    Beijos

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.