Vamos continuar a nossa saga dos Arcanos do Tarô, as cartas onde a temática gay também se faz presente seja pelas imagens ou pela visão pessoal.
Hoje abordarei o Arcano VIII: A Justiça - nome tradicional e ajustamento denominado pelo deck de Thot.
A Justiça trás a figura de Deus Justiça ou da balança, de acordo com a maioria dos decks. Seja qual for a figura, numa consulta, ela representa a justiça em termos místicos (karma) ou físicos (ação e reação).
Se este Arcano surge numa consulta onde o tema central são os pensamentos ou as ideias, significa que a pessoa em questão está num período de autoanálise ou avaliando apenas o fato que a levou à mesa de jogo, seja de forma equilibrada ou fria. De qualquer maneira, se trata de alguém que analisa os fatos com olhos de juiz; que pesa o bom e o ruim nos pratos da balança.
Como conselho, a carta pede ao consulente que avalie a questão de forma imparcial e equilibrada para não correr o risco de punir ou absolver de forma equivocada.
Outro conselho é a forma comportamental. A Justiça pede moderação no trato e no modo de se portar perante às pessoas. Tudo que é demais faz mal.
Uma pessoa regida por este Arcano pode ser bastante detalhista em sentido geral. Ela pode pecar tanto pelo excesso de rigor quanto pela irresponsabilidade.
No amor esta carta não é muito bem percebida pela maioria dos tarólogos, porém, como em quase todas as situações, dependerá de sua habilidade e método de jogo para analisar as demais cartas que a acompanham na consulta. O problema está mesmo em apresentar muita rigidez num setor onde o coração deveria falar mais alto.
A Justiça pode ainda revelar separação, seja pela vontade do consulente ou do seu parceiro. Mas não podemos descartar a análise de uma separação de um futuro casal.
Dizem alguns tarólogos que, a depender do contexto, este Arcano pode identificar casos de homossexualidade quando junto de outra carta de espadas.
A imagem que hoje trago é do Tarot Gay. A Deusa Justiça aparece no fundo de um lugar que se parece com uma prisão onde dois homens tentam se tocar. O cenário nos remete ao amor proibido entre duas pessoas punidas pela sociedade. Aceito outras sugestões.
No plano material, o Arcano pode indicar trabalho renumerado, legalizado, em sociedade ou firmar contratos.
Se desejamos respostas diretas A Justiça pode oferecer, mas ela também deixa um clima de talvez. Não afirma nem nega. Neste caso, o melhor é jogar novamente ou deixar para analisar a questão em outro tempo.
Espero que tenham curtido o feriado. Grande beijo.
Link do deck "A Justiça" aqui.
___________________________________________________
Leia mais na coluna "Tarô no Universo LGBT".
Flavio Augusto
Sobre o autor:
Também conhecido como Augusto Crowley, tem 34 anos, é tarólogo e blogueiro (senhordavidatarot.blogspot.com.br). Mora em Florianópolis (fun page: facebook.com/flavio.cardoso).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.