Laila Dominique é o próprio flash. Ela é uma daquelas pessoas que se sobressaem graças à alegria de viver: "A cada dia eu me amo mais", vive dizendo. Quando toda essa alegria se junta à simplicidade (ou humildade, como queira), o resultado é a ternura que ela transmite. 

Bicha (como faz questão de se chamar), negra, pobre, semianalfabeta, faxineira, tinha tudo pra se tornar o quê? Nem precisa responder diante dos tantos exemplos que temos no Brasil. Basta a gente lembrar esses marginais que estão causando o  terror em São Paulo. Tenho quase certeza de que, comparados a Laila, a maioria tem condições muito mais favoráveis para buscar uma vida além das drogas e de outros crimes.

Silvio Santos perguntou:
 - Por que você faz questão de se chamar de bicha?
[Laila] - Eu adoro ser chamada de bicha, 24 horas. Eu amo, adoro mesmo, ué.
[Silvio] Tem gente que não gosta de bicha na televisão...
[Laila] Uh, mas eu não ligo não. Eu passo alegria pra todo mundo. Até para aqueles que não gostam.

Laila Dominique não é um conto e devia dar palestras mundo afora. Mostrar que, mais que dinheiro ou riqueza, a alegria e a humildade devem ser prioridades em nossas vidas.

Acompanhe a sua trajetória pelos vídeos a seguir.
Tudo começou em 2008. Em 2011, Laila surgiu em vários canais de tevê (selecionei apenas o do programa Silvio Santos e de uma entrevista). O último é de 2012, no 'Manhã Maior', da Rede TV!


3 comentários:

  1. ela é adorável mesmo ... esteve aqui em BH e pude vê-la ao vivo!

    bjão

    ResponderExcluir
  2. O pior que muito gay condena essa personas como ela,pois eu também admiro, e penso: como é bom ser você mesmo, sem medo do que vão dizer.

    ResponderExcluir
  3. Eu conheço a LAILA pessoalmente. Ela e super bom carater. Tem um coraçao cheio de bondade.
    Conheci em Holambra em 2009 quando ela foi indicada para trabalhar na minha casa. Acabamos ficando amigas. Meio irmas. As vezes ela fica no meu apartamento quando vem a Sao Paulo. Ela nem chega perto de drogas. E honesta, excelente cozinheira, sensivel. Gosto muito dela.

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.