No último dia 18, o jornalista e militante LGBT Lucas Fortuna foi encontrado morto próximo à cidade de Recife, mais precisamente na praia de Cabo de Santo Agostinho. Seu corpo estava seminu e com sinais de espancamento e afogamento. O jovem, de apenas 28 anos, foi mais uma vítima da intolerância e do preconceito contra homossexuais no Brasil.

Os números da homofobia no país são alarmantes. Segundo o Grupo Gay da Bahia só em 2011 foram documentados 266 assassinatos de gays, travestis e lésbicas no Brasil e os dados em 2012, computados somente no primeiro semestre, já chegavam a 148 crimes.

Em memória do companheiro e militante Lucas Fortuna, a Enecos (Executiva Nacional de Estudantes de Comunicação Social) lançou uma campanha nacional contra a Homofobia intitulada “Tirem suas saias do armário”, realizando diversas intervenções nas universidades durante a última semana do mês de novembro.

Na Universidade Estadual de Santa Cruza, em Ilhéus (BA), instituição da qual faço parte e milito num Coletivo LGBT, o ato aconteceu no dia 28, quarta-feira. Na intervenção, foram distribuídas a cartilha do movimento Pró-saia e falamos sobre o crescente índice da homofobia no Brasil e também acerca da  PLC 122/06, Projeto de Lei da Câmara que visa criminalizar a discriminação motivada na orientação sexual ou na identidade de gênero da pessoa discriminada.

O movimento Pró-saia surgiu num encontro do ENECOS quando um militante do movimento LGBT sofreu opressão por usar saia. Naquele dia, em forma de protesto, todos foram incentivados a usar a peça de roupa. Lucas Fortuna foi um deles. Ele hoje é o símbolo mais atual da luta por uma sociedade igualitária, onde todos consideram justa toda e qualquer forma de amor.  Nós, pessoas LGBT, somos tod@s Lucas Fortuna.

Na página da Enecos, no Facebook, tem fotos das as manifestações por todo o país [sugestão do site 'Gênero e Poder']


Júnior Miranda

___________________________________________________
Leia mais textos de Júnior Miranda em sua coluna.


2 comentários:

  1. até agora a morte dele segue sem explicações...

    ResponderExcluir
  2. Na página da Enecos, no Facebook, tem as fotos das manifestações que aconteceram por todo o país.
    https://www.facebook.com/Enecos

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.