Primeiramente é um prazer ter uma postagem minha de cara lavada aqui no IdG. Para quem não se lembra, Titchya Alda, minha personagem alter-ego, tinha uma coluna aqui ("Vid'Aloka").
Cidade do interior é uma coisa um tanto quanto, como posso dizer, complicada. Os preconceitos são velados e muitos deles, não diferentemente de outros lugares, começam em casa.  Vou lhes contar a seguir, alguns “causos” um tanto estranhos. Ambos aconteceram há algum tempo mas, como tudo o que acontece por aqui, viraram notícias por dias.
Um rapaz, filho de um vaqueiro bem rico, resolveu assumir-se gay. Começou a frequentar baladas e não fez questão de esconder de ninguém o que realmente gosta. Certo dia, o pai, já quase enlouquecendo, tomou uma medida drástica: resolveu internar o rapaz em uma clínica psiquiátrica para tratar o 'homossexualismo' do filho. Meses depois o cara teve 'alta', sentiu-se 'curado' e iniciou um namoro com uma menina.
Outro rapaz menor de idade, também daqui, foi fazer um cruzeiro com os pais. Durante a viagem o pai descobriu que o menino é gay. O flagrou na cama com um cara. Como medida preventiva, o pai o espancou e o proibiu de ser gay. Resultado: o menino começou a namorar uma garota. Papai deve estar feliz.
Conheço outro rapaz que é gay. Um dia ele começou a frequentar a igreja evangélica que o condenou veementemente por ser assim. Jesus o curou do 'homossexualismo' e adivinha? Ele começou a namorar uma menina que, logo depois, engravidou dele. Hoje ele é papai e deixou de frequentar a igreja. Resultado: após abandonar a igreja voltou a ser gay e está bem, obrigado.
Eu sou gay desde que me entendo por gente. Tentei esconder da minha mãe, mas ela sempre soube. Hoje, sou amado e respeitado pelo que sou.
As histórias acima são todas verídicas. Não posso citar nomes por motivos óbvios,  mas é uma realidade triste. Desde quando existem medidas, terapias e o escambau para curar homossexuais? Homossexualidade é doença ou maldição desde quando?
Um dos episódios da atual temporada de "American Horror Story" promete a cura da homossexualidade (vídeo abaixo). Dr. Thredson (Zachary Quinto) faz uso de uma antiga terapia de conversão em Lana (Sarah Paulson). Ele provoca ânsias e vômitos na paciente ao injetar-lhe uma substância intravenosa enquanto exibe fotos de mulheres nuas, inclusive de sua companheira já morta. Lana se vê obrigada a se masturbar enquanto toca e masturba um homem nu  A proposta é a seguinte: você admite que é doente, finge estar curada e eu te tiro do hospício.
Todos ouvimos falar que a arte imita a vida e pesquisando descobri que em meados dos anos 60 (época em que se passa a série), o tratamento era aplicado aos homossexuais considerados 'casos perdidos' por psiquiatras que juravam ser aquela a cura para a 'doença'.  Se continuarmos com passos lentos e pensamentos retrógrados não é impossível que vejamos casos análogos na mídia mesmo hoje em dia: pessoas 'curadas do homossexualismo' através de métodos torturantes. Claro que há uma romantização no seriado, mas se compararmos aos dogmas de uma religião ou à mentalidade de alguns pais 'contemporâneos', a tortura e o absurdo são os mesmos. 
Ser gay não é escolha, ser feliz sim. Ninguém tem direito de impedir o outro de ser feliz seja filho, amigo, conhecido...  As pessoas que agem dessa maneira não sabem os danos irreversíveis que isso causa às pessoas. Os suicídios dos jovens que vemos nas notícias têm início muito antes do ato em si, o processo começa em casa, com a discriminação de alguns pais, lugar onde deveria começar o respeito, o discernimento e a liberdade de escolha. Ninguém é feliz fingindo ser o que não é. Não podemos viver como personagens, mas como humanos. Todos devemos respeitar as escolhas. Quando a homofobia for criminalizada, eu espero que essas atitudes também sejam puníveis. Quem sabe assim, um dia, possamos de fato afirmar: “o mundo está mudando. As pessoas finalmente podem ser felizes.”
_____________________________________
Colaboração do querido Fernando Munhoz, elaborada para o 'Guest Post'. Você pode participar também. É só clicar neste link: "Vamos brincar de Guest Post?" do blog do Fernando "Dirty, Sexy & Life".
Assista ao vídeo mencionado na postagem.

17 comentários:

  1. Querido amigo muito boa sua postagem, só uma observação de cunho construtivo ... homossexualidade não é ESCOLHA ... ela é ... o q nos cabe é tão somente aceitar e dar a devida orientação a ela ... certo?

    bjão querido e parabéns pelo texto

    ResponderExcluir
  2. Certíssimo! Não é uma questão de escolha mesmo...posso não ter me expressado bem Bratz..
    Obrigado pelo carinho.

    PS.: Ju como você postou com essa fonte linda? Invejinha aqui...

    ResponderExcluir
  3. É a mesma 'invejinha' que sinto quando vejo seus vídeos. Qual programa de edição de vídeos vc usa? Se me contar, te conto como por qualquer fonte em seu blog (kkkkkkkkkkkkk).

    ResponderExcluir
  4. Ju, eu uso o Corel Video Studio Pro X 5 se acha ele por torrent completo! Olha o link: https://thepiratebay.se/torrent/7093116/Corel.VideoStudio.Pro.X5.Multilingual.Incl.Keymaker-CORE

    Agora me conta por favor!! hsuahsahu

    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. otimo post meninos. Primeiramente ressaltantando que este episodio foi brutal, como toda a serie, mas especialmenge pelo foco a "cura do homossexuaalismo". E concordo com vc, ser feliz e fazer as pessoas ao seu redor feliz e' a melhor terapia de todas. No momento, California se encontra em profundo debate sobre as "clinicas que curam homossexualismo". Elas foram proibidas mas alguns idiotas ja estao processando o governo porque dizem que isso desrespeita a constituicao. Isso e' coisa para dar pano pra manga. Mas e' tudo como no show, vc fala que esta curando e comeca a se comportar diferentemente que todo mundo "entende" e agradece. Tudo nao passa de verniz, mas e' o que o ser humano necessita

    ResponderExcluir
  6. tomei um susto! o fernando é gay? ele me contou diversas vezes q era hétero... tow confuso.

    ResponderExcluir
  7. Desde quando FOXX tive a perda de tempo de te dizer que eu sou hétero, seu ridículo? Leu o meu blog por um ano, me criticou duramente por um ano e agora se faz de idiota... tenho pena de você FOXX, muita pena mesmo.

    ResponderExcluir
  8. Obrigado MrSyl! Seu comentário complementou o que escrevi. Obrigado mesmo!

    ResponderExcluir
  9. Então, Fernando, se eu me lembro bem de nossas conversas, a primeira vez que vc falou comigo no MSN vc se apresentou como HETEROSSEXUAL, na segunda vez disse que era BISSEXUAL, mas nunca afirmou tão categoricamente como neste texto que era gay. Como vc havia afirmado que era hetero e depois bi eu acreditei em vc (e nem vou comentar que as histórias não batiam, mas tudo bem).
    Outra coisa, eu nunca "te critiquei duramente" porque eu nem te conheço, mas eu comentava sobre seus textos, sobre aquilo que você escrevia nos seus textos porque eu acho que quando alguém escreve algo em um blog e permite que os comentários sejam abertos é porque quer ouvir o que os outros tem a falar também.
    Dizer que tem pena de mim, que sou infeliz, ou mal amado, etc., não me ofendem, Fernando, porque tudo isso é realmente verdade. Sou infeliz, mal amado e digno de pena sim. Mas idiota eu não sou e todos sabem disso: vc havia me se apresentado a mim como heterossexual e como bissexual, repito, NUNCA DISSE-ME QUE ERA GAY. Este texto realmente me supreendeu.

    ResponderExcluir
  10. NUNCA CONVERSEI com você pelo msn. A única vez que trocamos algumas palavras foi quando você me perguntou a respeito da minha tatuagem e foi pelo chat do facebook... você tá viajando FOXX e muito! Fale com propriedade! Você comentava então as postagens do meu blog sem ler? É isso mesmo? Cara, que horrível! Parace que quanto mais a gente fuça, mais coisas ruins a seu respeito eu descubro. E sim, você é idiota pois age como tal, tentando diminuir os outros... Use a sua inteligência, porque você sabe que é muito inteligente e crie coisas construtivas, não esse tipo de farofa que você se acostumou. "Ai meu Deus, sou mal-amado, sou infeliz, ninguém me quer, blá blá blá... " Não desconte isso nos outros meu caro, você não ganha NADA com isso, absolutamente nada! A sua ironia me dá nojo! Assim como suas mentiras!

    ResponderExcluir
  11. Então para encerrar o assunto porque o Junior não vai gostar nada dessa confusão no blog dele ne?
    Só quero te lembrar que eu te adicionei no Facebook porque vc me enviou o seu link pelo MSN. Nós conversamos várias vezes no MSN, pelo jeito você não lembra. Mas tudo bem.
    Por fim, nunca tentei diminuir os outros, quem me conhece sabe que não é do meu feitio, o que também ao é e nunca foi é eu fazer qualquer comentário sem ler o blog. Eu lia tudo e fazia os comentários a partir das minhas opiniões. Eu sinceramente nunca entendi porque bastava eu discordar de você para vc se sentir agredido, como aconteceu agora novamente. Acho que no lugar de me agredir vc devia era aprender a conviver com opiniões divergentes da sua, faria muito bem para você como ser humano.



    ResponderExcluir
  12. Engula as suas mentiras FOXX! http://dslblog.blogspot.com.br/2011/10/algumas-verdades-sobre-os-gays-parte-um.html

    Leia os seus comentários e pare de fingir surpresa com algo que você sempre soube!

    ResponderExcluir
  13. Eu aceito todo o tipo de comentários. O problema é que você sempre foi a única pessoa que me tratou mal... só isso. Me incomodava e tem mais, eu não tenho você no msn... Quem me passou o seu facebook, foi o Mariposo, que te marcou em uma antiga postagem minha dizendo "O Foxx também tem facebook, o dele é Lenin Campos"... admita que está mentindo Foxx com intuito de me prejudicar

    ResponderExcluir
  14. http://i1184.photobucket.com/albums/z334/Fernando_Munhoz/MentiraFoxx.png

    ResponderExcluir
  15. Eu acredito que não há ex-homossexual assim como não há ex-anão ....tudo foi uma pressão psicológica causada perante os fatos...um bloqueio nos indivíduos...foram aprisionados em jaulas ..são infelizes e reprimidos.
    A postagem ficou fantástica e causou a polemica toda....agora os invejosos tem que se pronunciar para se aparecer...claro...se a pessoa não tem criatividade para fazer uma postagem boa teve criatividade pra fazer uma critica sem fundamentos...dae apareceu fazendo palhaçada ...
    Continuando o assunto acho que ninguém deve ou não ao se apresentar falar se é gay ou deixa de ser... patético isso ! agora vem impressionado com coisa que mudou algo !
    O indivíduo seguir um blog e sempre criticar o cara nas postagens...isso tem um nome e se chama INVEJA !

    Excelente postagem , pena que algumas pessoas não entenderam e sequer fizeram questão de analisar o que realmente se falava...

    ResponderExcluir
  16. Muito bom!
    Fico com uma só frase, que pra mim resume (quase) tudo que a gente possa discutir a respeito: "Ninguém é feliz fingindo ser o que não é."
    Ser o que se é e ser respeitado por ser o que se é!

    ResponderExcluir
  17. esta questão da cura deixa a gente indignado, pois parece que as pessoas não entendem que 'cura' é pra quem está doente e homossexualismo não é doença.

    eu adoro 'american horror story' e esta segunda temporada está tão boa quanto aterrorizante.

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.