Há uma longa estrada ainda pela frente, mas segundo pesquisa feita pelo jornal "USA Today" e o instituto Gallup, a visão dos norte-americanos está mudando em relação à comunidade LGBT. A pesquisa foi feita no embalo das eleições em novembro último e, segundo pessoas que se identificam como gays, lésbicas,  bissexuais ou trangenders, existe uma aceitação maior na população e entre familiares. Os maiores defensores dos direitos dos gays são jovens entre 18 a 29 anos de idade dentre os quais 73% são a favor do casamento igualitário.  Os que não aprovam alegam que o casamento gay viola os ensinamentos da Bíblia e alguns vão ainda mais longe, dizem que é moralmente errado.

Nove entre dez gays e lésbicas revelam que a discriminação continua um grande problema. Mesmo assim, 91% dos gays entrevistados consideram que as pessoas a sua volta se tornaram mais mais tolerantes nos últimos anos. Atualmente, a população norte-americana está mais inclinada a responder que o indivíduo nasce gay, bem diferente do que se costumava escutar nas décadas de 70 e 80, época em que ser gay era uma questão de ambiente ou de como as pessoas foram criadas pelos pais. 

O que eu gostaria de ressaltar é que, ultimamente, a maioria dos programas de TV (especialmente os mais badalados), pelo menos a cada semestre, traz a temática gay à tona, mesmo que de forma sutil. O tratamento não é mais estereotipado como costumava ser. Pelo contrário. Agora, as pessoas falam aberta e normalmente sobre um membro da família gay. Isto tem ajudado bastante as pessoas a saírem do closet e a serem mais aceitas entre os straights. Principalmente tem contribuído para a aceitação entre adolescentes gays e héteros. 

Os números de aceitação ao casamento gay hoje em dia é de 53% a favor e 46% contra. Uma grande mudança desde a última década. Segundo dados do instituto Gallup, em 1996 a oposição era de 68% contra 27%. Outro número que vem crescendo rapidamente é o da adoção de crianças. Segundo pesquisa, 61% da população acreditam que gays devem ter o direito de adotá-las.  Isso representa mais do dobro em comparação a 18 anos atrás.
_____________________________________________
Silvio Frazão
Sobre o autor:
Jornalista, 40, carioca de nascimento e californiano por opção. Aquariano que sonha com o com o Hugh Jackman, mas também com a felicidade de todos, independentemente de sexo ou religião. Funpage: facebook.com/silvio.f.costa

3 comentários:

  1. eu sempre sou otimista qto à humanidade e seu ciclo ... estou esperando o início da nova Idade das Luzes ... acho q está próxima ...

    bjão

    ResponderExcluir
  2. Partilho do mesmo otimismo do Bratz.

    Beijão

    ResponderExcluir
  3. bem, como historiador eu não posso ser otimista com a humanidade, mas quem sabe eu esteja errado né? Espero estar.

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.