Edgar e Alex, juntos em união estável há 9 anos (Foto Divulgação/Edgar de Souza via G1)
Hoje sou muito feliz. Extremamente feliz. Por que se incomodar com a sexualidade alheia? Quem tem convicção da sua não se incomoda com a do outro. No que a minha sexualidade te atrapalha? Essa invasão da vida íntima das pessoas é feita de forma pejorativa. Dizem que sou anormal. Eu sou normal, não sou azul, não tenho três braços. Na vida pública a gente preza pela transparência, não fazia sentido esconder quem eu amo e quem eu respeito.
Edgar de Souza (PSDB), 34 anos, sociólogo e prefeito de Lins (SP). Único candidato homossexual assumido a se eleger nas eleições de 2012 em todo o país ao cargo de chefe do Executivo, segundo levantamento da Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT). Antes, ele ocupou a cadeira de vereador por três mandatos consecutivos.

Discurso no último comício antes do pleito municipal em 2012
Eu não tenho que esconder com quem eu vivo, quem eu amo. Se eu esconder, não mereço ser prefeito de vocês. Deus me ama como homossexual.
Primeira relação sexual aos 14 anos
Na hora tem o desejo, mas depois vinha a carga religiosa, a carga moral. Era um sofrimento danado. Chegava em casa chorando. Tomava banho e esfregava o braço até quase sair a pele. Ficava sentindo o cheiro da pessoa e me virava o estômago. Em programas de televisão que discutiam a homossexualidade, as pessoas falavam que se libertavam aos 19 anos. E daí eu falava que precisava me curar. E por coincidência ou algo que a própria mente projetou, aos 19 anos eu me assumo também pra mim. Sair do armário não tem que ser para os outros. Tem que ser para você. Esse é o grande passo porque você rompe a barreira da depressão, do sofrimento. 
Trechos da entrevista com o prefeito publicada no site G1. Edgar tem uma relação estável de nove anos com Alex, 31 anos. Os dois trocaram alianças depois da eleição de 2012 e moram juntos em uma casa com duas crianças, de três e dois anos, além da mãe. Elas foram adotadas depois de um problema com o pai, que é dependente químico.

3 comentários:

  1. E afinal é tudo tão simples assim, né!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. O BRASIL TEM: 1 PREFEITO GAY ASSUMIDO E 2.229 PREFEITOS GAYS NÃ ASSUMIDOS!

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.