Segundo a CBN, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) quer entrar com ação, por quebra de decoro, contra Marcos Feliciano e Jair Bolsonaro. A organização alega que vídeos com ataques às propostas de avanços dos direitos de gays, lésbicas e homossexuais, postados em redes sociais por ambos os deputados, possuem elementos que configuram quebra de decoro parlamentar.
Eles podem responder por crimes contra a honra e falsidade ideológica a professores, estudiosos e palestrantes que têm suas imagens editadas nos vídeos.
Se irá às vias de fato ou se os caras conseguirão se safar, não importa. Conta é finalmente alguém colocar um pouco de ordem na 'casa' e dar um freio às palhaçadas que aqueles dois promovem no Congresso. Confiantes, por causa da imunidade parlamentar, eles se superam cada vez que armam o circo.
Ouça a notícia da CBN.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.