Fotos: Lucas Franco / Bahia Notícias

Os trechos a seguir são de uma entrevista que o deputado estadual Pastor Sargento Isidório (PSB-BA) concedeu ao site Bahia Notícias. Ele se diz ex-gay, ex-drogado e ex-HIV soropositivo (sem nunca ter sido diagnosticado). Li a matéria na íntegra, mas a conversa (sincera) do pastor com os jornalistas Bárbara Souza, Evilásio Junior e José Marques é muito longa. Selecionei algumas pérolas - e não são poucas nem todas. Abra as aspas e confira.

Deus desde o início não criou o gay e não criou a 'gaya'. Deus criou o macho e a fêmea. Está na Bíblia. Deus abençoou homem e mulher..
Só porque o partido aprova o casamento de homem com homem, o relacionamento via ânus, via reto, que não tem jeito biologicamente, não tem jeito por nada. Não é só o pastor que diz que o reto não pode ser penetrado. O ânus é o tubo de esgoto do corpo humano. É o local em que, depois que você come, apodrece, e por lá que sai...
Não é o que o rapaz escandaloso Jean Wyllys [PSOL-RJ] disse, que a Bíblia tão lida por evangélicos, por católicos, por todos os povos, até os das matrizes africanas, que eu participei também, leem a Bíblia (...). Quando ele chega como um rapaz escandaloso e diz que aqui é um livro de piada e que todo mundo que crê é palhaço não pode ser assim...
Dentro do militarismo tem, dentro do papado tem. Se brincar, no meio dos pastores tem (...). É diferente o PL [Projeto de Lei] 122 que quer criar uma lei especial (...). O viado e a 'viada' vão virar deuses e nenhum hétero terá direito onde tiver um deles. (...) vão abrir um presídio, porque vou ser o primeiro a entrar lá porque vão me tornar homofóbico (...). Homofóbico é alguém que quer matar. Eu convivo muito bem com viados, com lésbicas e tudo.
Esse Conselho Federal quando proíbe o psicólogo de ouvir alguém (...). Imagine, vocês estão diante de alguém que foi gay, mas não gostou. Graças a Deus, constituí família, tenho filho e agora filhos de todo estado que vêm para mim e estão em minha casa. Só não são filhos do ovo, mas são filhos pelo sangue de Jesus, que Deus manda para mim, para recuperar.

  • O Pastor Marco Feliciano está recebendo intolerância religiosa...
Respeito os viados e as 'viadas' que estiverem dentro do PSB. Eu queria ficar no PSB, mas se lá a viadagem estiver forte mesmo, que é que eu posso fazer?
Nos carnavais eu me vestia de mulher. Nunca fui normal. Hoje tem a galera que é hétero mesmo que se veste para brincar, mas no meu caso era para aproveitar o negócio (risos).Não vê uma [televisão] séria, que (...) diga: "olha, os religiosos dizem que não é bom". Não vê. "Homem com homem não faz filho, mulher com mulher não faz filho". Quer ver? Pega um monte de casal de cobra desses aí, joga em uma ilha para ver se vai nascer alguém lá e depois que passou um período de vida normal vá lá para ver se multiplicou, se tem alguém. Morreu todo mundo. 
Daniela Mercury está aí dizendo que causou, que é marida de não-sei-quem. Quero ver a esposa dela vir grávida dela. (...) Onde ela vai entrar com o pênis? Que lua-de-mel vai ser essa? Ela engravide, já que ela é o macho. (...) Eu quero ver Daniela [Mercury] voltar de lá com uma mulher grávida. Aí eu vou dizer que é retada. 
Claro que eu tenho medo de recaída. Eu não posso ficar junto de um homem muito tempo porque a carne é fraca (...). Jesus me livrou do homossexualismo, mas não está mandando eu voltar e ficar lá agarrado com homem. Se eu deixei de ser ladrão, como que eu vou continuar no meio de ladrão?
Pronto. Eu digo assim porque eu brinco muito, eu sou polêmico e a imprensa, principalmente aquela imprensa sem compromisso com Deus, sem responsabilidade, nunca quer botar as coisas boas. Eu já imagino quanta desgraça vocês vão colocar aqui. Porque às vezes se vocês tivessem a condição de colocar a verdade, ainda tem doutor aí por cima, o dono da imprensa que vai querer que bote o que ele quer para vender a zorra dele. Mas as coisas boas que eu digo aqui dificilmente serão colocadas...
Quando criança, o sujeito foi molestado por um primo mais velho. Depois, praticou a homossexualidade de maneira descontrolada, desregrada e se envolveu com drogas. Então, se agarrou à religião para dar sentido a sua vida. Quantos heterossexuais passaram e estão na mesma situação, mas não têm a homossexualidade como desculpa?

4 comentários:

  1. Em que nivel esta a politica brasileira. Só consigo pensar isso.
    Bjs Junior

    ResponderExcluir
  2. A inteligência rara não consegue nem formar uma frase com boa concordância e você quer que eu leve ele a sério?

    ResponderExcluir
  3. Não sabia que o termo "ridículo", agora se chama polemico! Eu tenho vergonha de ler um troço desses e saber que um boçal como esse foi eleito pelo povo. Que me perdoem os evangélicos 'MAS VÃO ESCOLHER MAL ASSIM SEUS POLÍTICOS NA PQP"! Não é atoa que o Brasil está nessa merda. Saber ou não votar, independe de religião, mas vamos combinar quem anda cagando pela boca por aí, são os políticos evangélico! Lamentável!
    Um abraço!

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.