No fim de abril, o pivô americano Jason Collins se tornou o primeiro jogador da NBA a assumir publicamente que é gay. "Tenho 34 anos, sou negro e sou gay", disse ao escrever um artigo na revista Sports Illustrated.

Talvez inspirado na coragem de Colling, o atleta da vez é o ex-astro do futebol americano universitário e
promessa da National Football League (NFL), Kevin Grayson, 25 anos. Ele revelou sua homossexualidade numa entrevista à emissora norte-americana CBS Virginia. e disse que não havia feito isso antes porque não gostaria de ser conhecido por sua orientação sexual.

"Você não quer ser o foco dessa forma", disse Grayson, que já foi casado com uma mulher. "Não estou dizendo que é algo negativo, mas quando as pessoas apenas fazem perguntas sobre sua sexualidade ou como os companheiros de equipe reagem a isso, você tira o foco da pré-temporada. Se você é um atleta, você quer ser atleta. Você quer ser conhecido por aquilo que faz na quadra de basquete, no campo de futebol, na quadra de tênis ou o que quer que seja. Você não quer ser sempre 'o atleta gay'", disse.

Grayson disse ainda que não tem dúvida de que há jogadores gays na NFL e que se reune com alguns que atuam na liga atualmente. "Mas não vou citar nomes".

e-Feito Nike?

Após a Nike divulgar, há poucas semanas, que está à procura de um atleta gay assumido e torná-lo garoto-propaganda da marca, já são dois que revelaram a homossexualidade. Será que aparecerão outros?



Um comentário:

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.