O escritor, ex-BBB e atual deputado federal (PSOL) Jean Wyllys é capa da edição de junho da revista Trip. É citado como exemplo de homem gay assumido e bem-sucedido.

A revista ressalva sua luta contra a pobreza, o preconceito explícito e o velado, a homofobia: "Hoje, como deputado federal, é o maior oponente dos felicianos da política brasileira. Dono de uma notável capacidade de manter a elegância, a coerência e a verve mesmo diante de adversários da pior espécie e sob pressão extrema, Jean Wyllys reflete sobre a briga de viver e revela sua arma mais poderosa: o amor".

16 comentários:

  1. Jean Wyllys, você faz parte do grupo mais intolerante do Brasil. Suas palavras e modo de agir só provam que voces ainda tem muito o que aprender! Viva os Felicianos, os Malafaias, os Bolsonaros....
    Querendo você ou não, tem muito mais gente contra que a favor do liberalismo homossexual!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita gente, do tipo: "Vamos fazer escondido o que falamos ser errado".

      Excluir
    2. cada dia que passa pessoas como vc e silas malafaias da vida são minoria meu caro. Sou mulher, sou hétero e tenho certeza que seu discurso de ódio e estupidez esta com os dias contados. A lei ja aprova a união gay quer vc queira ou não e um dia a adoção de crianças por casais gays vai ser algo comum, quer vc queira ou não!

      Excluir
    3. Casais gays? Duas fêmeas ou dois machos, ainda que pervertidos, não formam nem nunca formarão um casal. No máximo, uma dupla ou um par.

      Excluir
    4. Tem um monte de mal informado defendendo esse cara, um cara que defende a liberação sexual de crianças. Pedófilo imundo, nojento.
      Muitos aqui que comentaram, deveriam primeiro pesquisar a fundo o que essa aberração chamada Jean Wyllys apoia de verdade, ficariam surpresos e com certeza não fariam coro junto a ele.

      Excluir
  2. Parabéns, Jean! Mesmo discordando com você em alguns pontos, tu mostras que és um exemplo de político honesto e coerente com o que defende. Ser político, e ter honestidade no Brasil, é raro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem filhos menores de idade, Vera? Pergunte ao Jean o que ele acha sobre sexo e crianças?

      Excluir
  3. Pelo simples fato de Jean Wyllys não extorquir o dinheiro de gente desprovida de cultura, já pode ser considerado um bom exemplo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem certeza disso? Porque você não procura informações sobre as verbas milionárias da Comissão dos Direitos Humanos, ou você acha que essa briga toda com o Feliciano é só porque eles pensam diferente? Quando a comissão saiu da mão de Domingos Dutra, fiel simpatizante da causa Gay e o que fazia as distribuições e destinava as verbas somente para grupos homossexuais, começou o desespero, porque com certeza a sangria de dinheiro iria acabar.

      Pesquise mais, pesquise a fundo antes de defender um pilantra pedófilo como ele.

      Excluir
  4. e desde de quando ser contra algo eh errado... sou contra qalqer tipo de homosexualidade!
    e ai vão m prender?!?!? vão m executar?!?! esse é o problema homesexuais hoje tem q t td os direitos e nao se pode dzer nada e pessoas como eu que tbm nao concorda e sou execrado pq nao aceito! q raios de justiça ou direitos são esses q só uma parte deve ter???? a questão q hoje homossexuais sao moda, depois de um tempo morre esse assunto e surge outro!!!!

    ResponderExcluir
  5. Ao dono desse blog:
    Quando eu compartilhei essa página aconteceu de aparecer esse comentário: "Jean Wyllys, você faz parte do grupo mais intolerante do Brasil. Suas palavras e modo de agir só provam que voces ainda tem muito o que aprender! Viva os Felicianos, os Malafaias, os Bolsonaros....
    Querendo você ou não, tem muito mais gente contra que a favor do liberalismo homossexual!". para vc ter uma melhor ideia tente compartilhar. Explicar tá dificil rs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você deve ter compartilhado no Facebook, né? Isso sempre ocorre quando a postagem que você compartilha já possui um comentário. O primeiro comentário sempre aparece junto. É um mecanismo do próprio Facebook. Obrigado.

      Excluir
  6. A matéria deveria ser gay assumido e bem-sucedido e que taxa de homofóbico qualquer um que discorde de suas ideias.

    ResponderExcluir
  7. O papinho que rende esse de briga da homossexualidade. Mas tirando esse fato, e triste ver que políticos brasileiros são ex BBBs e ficam posando para capas de revistas fúteis em pleno mandato.

    ResponderExcluir
  8. Jean é um caso único, até aqui, de que alguma coisa que preste saia de um Big Brother.

    Sua postura de defesa dos direitos humanos (sim, ele não defende apenas os homoafetivos, mas também negros, religiões minoritárias, mulheres e sem-teto) é um exemplo para todos nós: é possível fazer política não pensando apenas no próprio bolso e na distribuição de cargos públicos à parentela.

    Portanto, fica o convite, mesmo para os fundamentalistas, os racistas, os homofóbicos e os machistas: já não está na hora de fazer diferente, respeitar o outro, lutar por justiça e igualdade e deixar de cuidar da vida alheia?

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.