Um ex-policial bonitão é chamado para reintegrar à corporação com o objetivo de desvendar assassinatos em série na comunidade LGBT. As vítimas do serial killer são as travestis. O policial, disfarçado de garoto de programa, se infiltra no meio gay fazendo amizades com outros michês. A partir de então, iniciam-se cenas tórridas, provocantes, entre os rapazes que não se consideram gays, mas homens que transam com homens (HSH).

Segundo definição do Wikipedia para HSH, "tais homens poderiam se considerar bissexuais, mas a verdadeira essência do HSH consiste em homens totalmente héteros, porém de mente aberta e liberal, que em determinados momentos de suas vidas, abrem espaço para o contato sexual com outros homens, geralmente sendo a parte ativa do ato."

Com esse enredo e sigla, o ator, diretor e roteirista Chico Amorim, teve a ideia de produzir a websérie HSB. Toda ambientada em Recife, Chico convidou para protagonizá-la ninguém menos que um topmodel e atleta de artes marciais, o paraibano Edilson Nascimento, 27 anos, que aparece bem mais forte no trailer comparado às fotos de modelo. [Confira informações e ensaio fotográfico sensual da revista francesa, Tetu, na postagem: "Paraíba, Celeiro de Homens Bonitos?"] 

Quanto à previsão de estreia, não se sabe ao certo quando nem onde. Segundo informações do perfil de Edilson Nascimento (Facebook), os produtores aguardam licença para a exibição na tevê.

Muitos elogios e o considerável número de acessos ao trailer -- mais de 65 mil em pouco mais de um mês no YouTube --, o projeto lembra a trajetória do seriado caRIOcas, uma superprodução aos padrões brasileiros, também de temática LGBT, que teve início em 2010, mas foi arquivada em 2011 por falta de coragem e, claro, de patrocínio dos empresários.

De volta ao script, as cenas de pegação entre os tais homens que transam com homens, mas não se consideram gays, são mostradas rapidamente no vídeo abaixo. Confira o trailer e vamos torcer para que vingue, nem que seja pelo YouTube. 

6 comentários:

  1. Conhecida tambem como a cultura DL, down low, que comecou com a comunidade afro-americana e e' uma referencia muito usada entre casados que dizem que nao "get enough" em casa. Bom isso e' caso de estudo sociologo rsrsrs. O filme tambem me lembra um pouco a plot do Cruising com Al Pacino (1980).

    ResponderExcluir
  2. poxa, que legal.Tomara que saia na tv ou internet, de qualquer maneira ta bom...e logo. rsrs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vdd muito legal, tomara que dê certo, sucesso ao projeto

      Excluir
  3. Gay que acha que teve relação com Hétero (HSH) Aff.
    Meu doce ele queria te usar, depois inventou essa desculpa para te dispensar.

    ResponderExcluir
  4. Depende , acho que nem sempre ha dispensa, quando ambos tem prazer, não é uso, agora não dá pra se apaixonar por um cara assim, porque o sofrimento vem a galope.Acho válido a temática pra tirar um pouco dos que ainda teimam em dize que isso não existe.

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.