O plenário da Câmara dos Deputados arquivou o projeto "cura gay" nesta última terça-feira (02/07).  Por requerimento de urgência, para acelerar a tramitação do texto por causa das manifestações populares, o projeto já estava fadado ao veto por deputados que haviam concordado em derrubá-lo na próxima sessão.

Apesar de o projeto 'cura gay' ter sido protestado em muitas manifestações espalhadas pelo Brasil, o autor, deputado João Campos, declarou ontem que o principal motivo para a sua decisão foi o governo ter utilizado seu projeto como bode expiatório.
Eu não vou permitir que esta casa e o governo utilizem esse projeto para desviar o foco da rua. A pauta do povo nas ruas é outra. Pegaram carona. Evidentemente que pegaram carona 
Já o pastor Marco Feliciano, que presidiu a comissão que votou e aprovou o tal projeto, está convicto de que nada, nem as manifestações populares nas ruas de todo o Brasil, abalará a sua permanência na presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias. O deputado anunciou vingança na internet ao prometer:
Eu voltarei com o projeto numa nova versão em 2015
Parece frase de vilão derrotado em final de filme do "Batman". Aliás, o Feliciano lembra o Coringa, na versão original da série para tevê, né não? O pior é que Coringa sempre volta!

4 comentários:

  1. O pedido de retirada foi um golpe de mestre dos fundamentalistas, que já estavam convencidos de que o projeto seria rejeitado pela maioria da Câmara. A fim de não sofrer uma "derrota humilhante", o PDC 234/11 foi retirado de pauta um dia antes da votação pelo Plenário, garantindo ao Feliciano, Bolsonaro, Malafaia e sua corja, ainda muita munição em sua cruzada de ódio. Uma pena...

    ResponderExcluir
  2. Viram que um tal de Pernambuco se recalcou e vai tentar tirar o entrave para a tal "cura"? aff!

    ResponderExcluir
  3. O problema dessa gente é que eles não se conformam em ter a liberdade de pensarem o que querem, falarem o que querem, defenderem o que bem entenderem, como deve ser numa democracia, claro, mas ainda por cima querem impor suas vontades a todos!
    Dê o poder a essa gente e você vai ver onde vamos parar: com triângulo rosa no braço, e depois... céu ou inferno [figura de linguagem, pois não creio exatamente nisso, desse jeito].

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.