Sem homofobia-585x425 (via anônimo.com)
Imagem: via “anônimo.com
De acordo com o último Relatório Anual de Assassinato de Homossexuais (LGBT),  relativo a  2012, o Brasil confirma sua posição de primeiro lugar no ranking mundial de assassinatos homofóbicos (“homocídios”). Confira os números registrados para cada espécie de sexualidade LGBT (ordem decrescente).

REGISTROS /
’HOMOCÍDIOS’ POR ESPÉCIE
EM NÚMEROS EM %
Gays 188 56
Travestis 128 37
Lésbicas 19 5
Bissexuais 2 1
Total 337 100

Dos 337 casos, somente em 89 foram identificados os assassinos, sendo 73%  sem informação sobre a captura dos criminosos, impunidade observada não apenas  no Nordeste, como no Rio Grande do Norte, com 9 dentre 10 crimes impunes, e no Sul, como no Paraná, com 15 assassinos impunes dentre 19 homocídios. Para o Presidente do Grupo Gay da Bahia, Marcelo Cerqueira, “o mau exemplo vem da própria  Secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Mick, que declarou recentemente que ‘não existem no Brasil crimes com conotação homofóbica’.
O índice de assassinatos homofóbicos do Brasil, proporcional à cada milhão de habitantes, é 1,7 vítimas LGBT. Confira os registros das regiões,  estados e capitais onde o índice é maior e menor do que a média nacional, respectivamente (ordem descrescente do índice). 

REGIÕES


REGIÕES DO BRASIL %
NORDESTE 45
SUDESTE e SUL 33
NORTE e CENTRO-OESTE 22

ESTADOS

‘HOMOCÍDIOS’ /   ÍNDICES maiores da MÉDIA NACIONAL EM NÚMEROS ÍNDICE PROPORCIONAL À POPULAÇÃO
ALAGOAS 18 5,6
PARAÍBA 19 4,9
PIAUÍ 15 4,7
ÍNDICES Menores da MÉDIA NACIONAL EM NÚMEROS ÍNDICE PROPORCIONAL à POPULAÇÃO
ACRE zero zero
MINAS GERAIS 13 0,6
RIO GRANDE DO SUL e MARANHÃO 8 e 5 0,7
RIO DE JANEIRO 13 0,8
SÃO PAULO 45 1,07
O estado do Acre aparentemente não registrou nenhuma morte nos últimos dois anos.

CAPITAIS COM PIORES ÍNDICES

CAPITAIS POPULAÇÃO  (Nº APROXIMADO) ‘HOMOCÍDIOS’ POR MILHÃO DE HABITANTES
TERESINA (PI) 830 mil 15,66
JOÃO PESSOA (PB) 742 mil 13,47
MACEIÓ (AL) 953 mil 10,49
NATAL (RN) 818 mil 8,56
MANAUS (AM) 1.860  mil 7,52
BELÉM (PA) 1.410 mil 4,96
SALVADOR (BA) 2.710 mil 3,69
FORTALEZA (CE) 2.500 mil 2,8
SÃO PAULO (SP) 11.376 mil 1,05

Perfil das vítimas

Quanto à idade, 7% dos LGBT tinham menos de 18 anos ao serem  assassinados, sendo o mais jovem um adolescente  gay  paulista de 13 anos que se suicidou por não aguentar o bullying que vinha sofrendo em casa e na escola.  Suicidas homossexuais  também são considerados vítimas da homofobia. 44% desses mortos tinham menos de 30 anos e 8% mais de 50.  A faixa etária que apresenta maior risco de assassinato, 57%, situa-se entre 20-40 anos. A vítima mais velha tinha 77 anos, Wilson Brandão de Castro, proprietário de uma sauna em Belo Horizonte, assassinado com sete tiros.
Mais informações e detalhes, visite o blog “Quem a Homofobia Matou Hoje?”, de Luiz Mott.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.