Juro que eu tento passar as notícias relatando apenas os fatos sem a minha opinião pessoal. Mas nem sempre é possível, como agora.

Faz apenas três dias e foi publicada a notícia sobre um tal apresentador russo que, com cara de orgulhoso (à direita, na imagem acima), declarou em seu programa que a proibição de propaganda sobre homossexualidade na Rússia é pouco. Segundo a ignorância dele, a doação de órgãos vinda de gays deveria ser também proibida e os corpos dos homossexuais enterrados com todos os órgãos dentro. Para sempre.

No mesmo País, mas do outro lado da moeda, está outro apresentador de tevê russo, Anton Krasovsky (o da esquerda na foto - esse merece ter o nome destacado), 37 anos. Ele foi demitido após revelar ao vivo que é gay no canal KontrTV. 
Eu sou gay, e sou uma pessoa como você, minha querida audiência, como o presidente Putin, como o primeiro-ministro Medvedev e como os deputados da nossa Duma.
Em entrevista à CNN, Krasovsky, que era editor-chefe da emissora, afirmou ter sido demitido na mesma noite em que fez a declaração. Agora ele está desempregado.
Eles bloquearam todas as minhas contas corporativas, meu e-mail. Literalmente da noite para o dia. Eles excluíram não só o meu rosto do site, mas também de todos os programas de TV como se eu nunca tivesse existido.
Não tem algo muito errado nessa matéria? Analise as atitudes de cada apresentador e pense quem de fato teria motivo para ser demitido. Aliás, demitido e preso!

Essa matéria é a prova de que o mundo, apesar de lindo, é louco. Viver é maravilhoso, desde que convivamos com as pessoas certas. Caso contrário, a vida pode se tornar um inferno.

2 comentários:

  1. Nossa, tenho estado bestificado com essas notícias da Rússia. Eu entendo que também tem a tradição de ódio aos homossexuais no país, mas tá bem vergonhoso pra uma potência emergente.

    ResponderExcluir
  2. Realmente, mas a ignorância e assim mesmo não importa o pais.

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.