O título não condiz com o discurso literal desse apresentador de tevê da Rússia durante a exibição de seu programa. É uma tradução livre com interpretação extensiva. Na verdade, o que ele fala é bem pior. No final, o fulano é aplaudido pela plateia. 

Acompanhe abaixo a tradução em português [em inglês, no próprio vídeo]
Eu acho que impor multas aos gays por propaganda homossexual para menores não é suficiente. Eles deveriam ser proibidos de doar sangue, esperma. E seus corações, em caso de acidente de automóvel, deveriam ser enterrados no solo ou queimados, como inadequados para a continuação da vida.
É uma declaração pesada, carregada de preconceito e, acima de tudo, irresponsável. Não tem respaldo científico, muito menos religioso. O tal apresentador, além de ignorante, é um demagogo, puxa-saco do presidente Putin. Um joão-sem-braço, maria-vai-com-as-outras. Percebe-se em seu semblante. 

Se o presidente Putin amanhã resolvesse defender a homossexualidade, seja lá por qual motivo fosse, esse fulano passaria a dizer que ser gay é uma benção. A emissora do programa (Rosssuia 1) é estatal!! Ela reflete opiniões governamentais e ocupa o segundo lugar em audiência. Logo, o cara acha que propagar pensamentos retrógrados e ignorantes de seu presidente é uma garantia de emprego.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.