Coluna Happening Around 
Por: Silvio Frazão



Troye Sivan é um garoto australiano de 18 anos que faz vídeos e os publica para nada menos que 500 mil seguidores do YouTube. E foi pra toda essa gente que ontem 07/08/2013, ele decidiu sair do armário.

Quando eu soube do vídeo, tentei imaginar o porquê de hoje em dia os adolescentes acharem que é necessário falar ao mundo o que fazem entre quatro paredes. Parece que ele leu meus pensamentos e sua explicação é plausível.

No vídeo, Sivan explica que há dois anos, ou seja, nesta mesma data em 2010, ele revelou à família que é gay. Após pensar muito, escolheu a mesma data para falar a seu público que sua sexualidade é apenas mais uma informação sobre ele e que não há problema compartilhar isso com seus seguidores. E nada mais.

Segundo o garoto, ele não sabe dizer se a palavra gay vai mudar o modo pelo qual as pessoas o enxergarão daqui pra frente, mas continuará fazendo seus videos com intuito divertir e entreter o público.

Troye Sivan, nasceu na África do Sul, mas cresceu na Austrália onde vem tentando se lançar como cantor e ator. Sua primeira grande oportunidade como ator foi em Hollywood, ele viveu o personagem Wolverine jovem, atuando ao lado de James Howlett, no filme X Men Origens – Wolverine.

Há vários vídeos em seu vlog, inclusive aquele no qual ele fala sobre sua sexualidade (mais acima). Neste, ele canta e atua. É bem legal. Para assistir clique nas imagens.

Silvio Frazão
Sobre o autor:
Jornalista, 40, carioca de nascimento e californiano por opção. Aquariano que sonha com o com o Hugh Jackman, mas também com a felicidade de todos, independentemente de sexo ou religião. Fan page: facebook.com/silvio.f.costa

3 comentários:

  1. porque pessoas com mais de 40 anos tem tanta dificuldade para entender que se afirmar gay é um posicionamento político importante?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo, acho que tirando a questão com quem a pessoa foi pra cama, abordar a sexualidade é preciso, se queremos que a próxima geração nos aceite como normais ,e que parem de colocar a orientação sexual como filtro para amizade e respeito.como fazer isso se não damos a nossa cara a tapa?

      Excluir
  2. Não gosta todo o cabra da peste exibir o seu fanfarronismo e as fêmeas que comeu? Porque não haverão os jovens gays de mostrar a sua identidade e o namorado à família e ao mundo? Não vejo que haja algum mistério nisso, num mundo em que todos querem afirmar o seu direito à individualidade e espaço próprio.

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.