"Espero que ele encontre um namorado e seja muito feliz", diz a avó de 90 anos de idade.


Não dá pra entender a fala e a escrita do cartaz, mas a coragem dessa avó de 90 anos -- muito bem conservados, como a maioria dos orientais --, é impressionante. Uma prova de amor e atitude mais que dignas de uma notícia.

Segundo informa  o “South China Morning Post” ("CMP"), a vovó fala no dialeto 'Fuzhouo' e o vídeo é uma produção da PFLAG (Pais, Famílias e Amigos de Lésbicas e Gays) da China.

Vamos à súplica da vovó:
Tenho 90 anos de idade. O meu neto é gay. Ele é gentil e maduro. Espero que ele encontre um namorado e possa viver uma vida feliz. Espero que o nosso governo o apoie. 
No cartaz ela  faz um pedido ao governo de seu País: "Nós pedimos a legalização do casamento gay na China."

O neto, um engenheiro de 28 anos, identificado como Muto, disse que quando revelou sua homossexualidade à família a avó foi muito compreensiva, ao contrário dos pais. 

Muto saiu do armário no ano passado e sua sua avó corajosamente concordou em falar diante das câmeras para aconselhar e acalmar seus pais que foram intransigentes com a notícia.
Ela pediu-lhes para ter calma. Fez isso por puro amor. Agora, terá que lidar com muita pressão de estranhos e parentes, disse Muto.

Um comentário:

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.