Atenção quem mora na região do ABC Paulista (ou Grande ABC). O Identidade G recebeu duas reclamações (anônimas) contra o estabelecimento 'gay unfriendly' chamado Água Benta Bar, situado na Rua dos Antártticos 260, em São Bernardo do Campo.

Segundo informações, o dono do bar, um tal de Jean, vem tocando o terror em qualquer casal gay que pensar em trocar beijos ou abraços durante a permanência em seu estabelecimento. Ele faz ameaças e se as vítimas respondem à altura ele parte para ignorância mesmo (agressão física).

Fui procurar no buscador do Google e encontrei duas denúncias que são vestígios de que o tal Jean não é flor que se cheire ou a água não é tão benta quanto ele pensa. A primeira, de 2012, vem de um usuário do site Foursquare, conforme abaixo. 

A segunda está no site da ONG ABCD'S - Ação Brotar pela Cidadania e Diversidade Sexual e descreve um caso recente. Uma testemunha narra detalhes de uma agressão do dono do estabelecimento contra um casal gay que tomava cerveja do lado de fora. 

Segundo ela, o Sr. Jean se aproximou e abraçou o casal por trás -- daquela maneira que parece gesto amistoso -- e ameaçou os homens dizendo que ambos seriam bem-vindos desde que não se beijassem. O casal não gostou e um deles pediu para que o desaforado tirasse o braço de seu ombro. O bar-raqueiro não gostou e o desaforo se transformou em agressão verbal e física, com direito a desdém: 'Podem me processar. Já tenho outro processo mesmo..".

Esse é da pá virada, ein? Cuidado. Mas se sofrer algum abuso desse homofóbico da água benzida pelo pastor Malafaia, denuncie.

11 comentários:

  1. =O que horror! E logo na minha cidade! Hunf, que cara nojento. Passo perto do lugar todo dia, nunca fui e agora eu não vou mesmo. Vou espalhar a notícia por aqui, valeu o toque ;-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. [[ironia_mode.on]] Bastian, covarde! Foi só eu ler que essa porra gosmenta fica em sua cidade e pensei logo em convidá-lo pra um beijaço NO bar, DENTRO do bar. Eu queria ver se o tal Jean ia ter coragem pra encarar um homem de verdade, com mulher e filhos, judoca, boxeador e praticante de pa-kuan desde criancinha e com quase 2 metros. Mas pra quê fui ler o resto do seu comentário? Arregou, rapaz? Achei que você fosse mais corajoso. Arregou, me broxou. Hunf! (risos) [[ironia_mode.off]]

      Excluir
  2. E olha só o perfil do bar-raqueiro no Facebook:

    https://www.facebook.com/jeancarlos.pucca?fref=ts

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu por ter postado o perfil dele por lá, agora tenho a quem passar uma cantada virtual, e quero ver vir porrada pro meu lado!

      Excluir
  3. o q não entendo é o pq gays ainda prestigiam locais assim ... deixe ele ficar na merda ...

    ResponderExcluir
  4. Olá, Giovanna. A matéria não fez juízo de valor. Observe que transcrevemos informações constantes da internet (site "Foursquare" e blog da ONG ABCD'S).
    Não incluimos as denúncias anônimas recebidas pelo blog (cremos terem sido enviadas pela mesma pessoa,) via formulário "Contato".
    Obrigado pelo seu comentário e o espaço está aberto para mais esclarecimentos se assim julgar necessário.

    ResponderExcluir
  5. Bem, já passei algumas vezes na frente deste estabelecimento quando vou comer num restaurante Japa que fica na mesma calçada. É um espaço bem bonito, com potencial, mas está explicado por que nunca o vi cheio... Engraçado que SBC é um "puta antro gay" rs. Do Rudge até o final da Kenedy, vê-se muitos gays e nunca ouvi falar sobre confusão devido a sexualidade na região.... Enfim... Espero que vá a falência rapidamente.

    ResponderExcluir
  6. Isso ai, não podemos esse bando de viado do caralho invadir nosso espaço com pessoas normais, manda todos esses viados pro inferno e que morra todos...bando de viado filha da puta!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Covardão, bota a cara! Tem medo de quê, já que se acha tão macho? Deve ser muito macho mesmo. Deve até aguentar outro macho!

      Excluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.