O ator James Franco, 35, concedeu entrevista na segunda-feira (9/9) e falou sobre os rumores de sua sexualidade. Chegou a lamentar sua heterossexualidade! [mea culpa: este blogueiro que vos escreve já levantou essa bandeira em: "O versátil James Franco dá 'A Lôca' à Gucci"]

O bonitão provou que não está nem aí para os boatos e piadas a respeito de sua orientação sexual. Na longa entrevista, concedida ao jornalista Marlow Stern, do site 'The Daily Beast', ele de cara disse que não liga e que prefere que continuem falando que ele é gay.
---------------------------------------------------------------
"Ótimo! Que venham as piadas gays! Porque elas não são nenhuma ofensa. Eu nem ligo para o fato de as pessoas acharem que sou homossexual. Eu gostaria... Quem dera eu fosse gay."
------------------------------------------------------------------
O galã se prepara para a repercussão do filme que pode ser um dos mais polêmicos de sua carreira: 'Child of God', com estreia prevista para dia 29, no Festival de Cinema de Nova York. O protagonista é um assassino que tem prazer em fazer sexo com suas vítimas após assassiná-las (teaser). 

Com relação ao filme anterior, 'Interior Leather Bar', no qual ele atua e dirige, Franco fez mais declaração bomba: "Aquilo não não faz sequer cócegas na minha sexualidade". E olha que o longa traz doses fortes de homossexualidade, sadomasoquismo e voyeurismo.
--------------------------------------------------------------------
"Filmes são um lugar onde as pessoas projetam coisas e se identificam com os personagens. O mesmo acontece com atores fora de seus papéis - e tem sido assim desde que Hollywood surgiu." 
-------------------------------------------------------------------
Palavras de Franco que também já interpretou um homossexual em Uivo, sobre o poeta beatnik Allen Ginsberg

Franco falou que muito se especula sobre a sexualidade dos astros. "Minha relação com minha imagem pública nos últimos quatro, cinco anos, se tornou mais estranha. Eu olho para a imagem e sou eu, e não sou eu, então se algumas pessoas querem usar isso de acordo com seus propósitos e necessidades, tudo bem. Estou tranquilo", explicou, referindo-se aos muitos fãs gays que gostariam que ele fosse gay.


O estopim dos rumores com relação à orientação sexual do galã foi em 2010, quando se travestiu para as lentes do renomado fotógrafo Terry Richardson, em um ensaio para capa e recheio da revista Candy. Ou quando mostrou o bumbum para o ensaio da revista Flaunt.

Piadas gays nunca foram um problema. Quando as pessoas tiram sarro de mim por ser gay é como se dissessem: 'faça isso o dia todo'. Não me incomoda em nada."



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.