Quem tem mais de 40 anos de idade deve lembrar de alguns feitos marcantes das Olimpíadas de Seul (Coreia do Sul - 1988). Com uma organização impecável, o evento cunhou a história olímpica com cenas inesquecíveis (acompanhe no final desta postagem os fatos mais marcantes). 

Mas foi o saltador norte-americano Greg Louganis, 53 anos, que, causou comoção e fez ecoar aquele "Óóóóó" da arquibancada após bater a cabeça na ponta da tábua de madeira em um dos saltos ornamentais. Ele tentava um duplo salto mortal, de costas no trampolim de três metros. Disputou as finais com um pedaço da cabeça raspada, exibindo cinco pontos cirúrgicos. Mesmo tenso, pois havia sido diagnosticado soropositivo (HIV) meses antes, ele levou o ouro olímpico. Veja no vídeo abaixo.



Ex-bailarino, Louganis foi um dos maiores fenômenos na categoria olímpica de saltos ornamentais e considerado entre as Olimpíadas de 1976 e 1988, o melhor do mundo nas competições de plataforma e trampolim, pelas quais conquistou cinco medalhas olímpicas. Ele é o único atleta da categoria a conseguir duas medalhas de ouro em duas olimpíadas seguidas.

Somente em 1994 ele assumiu a homossexualidade e revelou ser portador do HIV. Atualmente atua como mentor do time olímpico de natação dos Estados Unidos.

No último sábado (12/10), o ex-atleta mergulhou de cabeça na sua relação com o parceiro Johnny Chaillot, advogado, 52 anos. Os dois se casaram em Malibu, Califórnia.


A cerimônia foi prestigiada por 160 amigos e familiares do casal, incluindo as atletas olímpicos Janet Evans e Nadia Comaneci (quem tem mais de 40...). Outras celebridades como Barbara Eden, French Stewart e Bruce Vilanch também estiveram presentes. Dominic Scott Kay, ator infantil de "Piratas do Caribe" e candidato do "The Voice" (não classificado) , cantou na cerimônia.

Louganis estava orgulhoso com tantas pessoas de estilos diferentes juntas para assistir ao seu casamento: "É incrível porque eu tenho aqui esta noite reunidas muitas pessoas de várias fases da minha vida e elas estão aqui para celebrar. Me sito especial. A cerimônia foi reflexiva e representa quem somos."

O casal se conheceu no início de 2012 no site de namoro Match.com. Apenas dois meses após, eles anunciaram publicamente o namoro nas redes sociais. Califórnia é um dos 14 estados que permitem o casamento do mesmo sexo nos Estados Unidos. "Eu sinto que nós dois vivemos uma vida inteira juntos em um período muito curto." 

Um documentário sobre a vida de Greg Louganis, intitulado "Back on Board" (De volta à bordo, em tradução livre), tem estreia prevista para 2014, mas outro filme, lançado em 1997, "Rompendo Barreiras" ("Breaking The Surface" (Rompendo Barreiras - E.U.A), mostra a trajetória do atleta que persegue a fama para se livrar da vida conturbada, marcada pelos maltratos do pai adotivo e pelo 'bullying' dos colegas.
_________________________


Fatos mais marcantes das Olimpíadas de Seul, 1988



2 comentários:

  1. greg loganis era muito lindo qd era jovem que pena q era gay.

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.