Realização da 13ª Parada do orgulho LGBT de Madureira


A 13ª edição da Parada do orgulho LGBT de Madureira  ("Parada") acontecerá no próximo domingo, dia 27 de outubro, a partir das 13 horas. É incrível  a quantidade de leitores interessados em mais informações sobre o evento, tanto que a postagem "Paradas do Orgulho LGBT no Rio mais organizadas em 2013", de junho de 2013, vem sendo mantida em primeiro lugar há várias semanas.

O tema é: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”. A concentração será na Rua Carvalho de Souza com o calçadão de Madureira, às 13 horas. No evento estarão presentes o padrinho David Brazil, a madrinha Viviane Araújo, a musa Valesca Popozuda e a atriz Suzana Vieira, que será homenageada como diva da televisão brasileira.

A homenagem de Susana Vieira se estenderá à interpretação de Pilar, sua personagem da novela "Amor à Vida" que diariamente “entra” nos lares passando mensagens de amor e respeito ao filho gay. Vilanias à parte (o filho de Pilar, Félix, vivido por Mateus Solano, é o grande vilão da trama), sabemos e reconhecemos que existe preconceito familiar na sociedade brasileira. 

As escolas de samba Portela (que trará consigo a bateria, a ala das baianas e encerrará o evento), Império Serrano, Salgueiro e Grande Rio também estarão presentes, pois é de grande importância a inclusão da cultura do samba apoiando esta luta. Madureira é a “terra” do samba, mas também é da luta pelo direito de igualdade e contra a homofobia.


O Grupo MGTT e toda coordenação da Parada receberá a imprensa no primeiro trio elétrico HOBB CIA 2 (TRIO Oficial) às 15 horas, procurar coordenação do evento.

A Parada existe há treze anos e não tem fins lucrativos. É realizada pelo grupo MGTT e coordenado por Loren Alexandre: “Podemos ser felizes, cada um no seu segmento, cidadania e liberdade de expressão porque somente o amor vence o ódio”, alerta a coordenadora. 

É um ato cívico marcado pelo dia da liberdade de expressão em busca do direito de igualdade social com a inclusão da sociedade de diversos seguimentos na luta por direitos iguais contra a violação de direitos humanos e todas as formas de preconceito e discriminação. 

Teremos um dia pela liberdade de expressão porque acreditamos ainda em um Brasil livre onde atingiremos direitos iguais. Queremos um Rio sem preconceito, onde o objetivo é chamar atenção da sociedade para o artigo 5º da  CRFB de 88, que preconiza direito à cidadania, expressão e à igualdade social, independentemente  de orientação sexual.

A coordenação da Parada do orgulho LGBT de Madureira juntamente com os movimentos de diversos seguimentos do Rio de Janeiro fará um manifesto para mostrar a sociedade que o amor de mãe deverá prevalecer independente da orientação sexual de seu filho, pois todos da sociedade deverão amar seus filhos independentemente de orientação sexual.

Ação social

Diversos serviços sociais serão prestados à comunidade entra as  9 às 15h: (a) 1500 doses de vacina contra hepatite B na Escola Municipal Ministro Edgard Romero; (b), distribuição de 100 mil camisinhas; (c) tendas de prevenção as DSTS e AIDS, (d) HPV tuberculose, hanseníase, tabagismo, gravidez precoce; (e) teste na hora de HIV; (f) postos médicos e 16 enfermeiros prestarão atendimentos de primeiros socorros; e (g) tendas de achados e perdidos.

O evento   conta com a parceria com a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro (área Madureira), a CEDS- Rio (Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual), Secretaria de Ação Social de Diretos Humanos  do Estado do Rio de Janeiro e o Grupo Pela Vida com tendas educativas da saúde e de direitos do seguimento LGBT.  A Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro e o Conselho Tutelar também marcarão presença.

Segurança 

O  9º BPM de Polícia Militar e a 6a Inspetoria da Guarda Municipal, com o apoio da Defesa Civil do município e da Ordem Pública zelarão pela segurança da Parada, com apoio dos órgãos da prefeitura do Rio de Janeiro.

Leia mais sobre as Paradas LGBT:
- "Paradas do Orgulho LGBT do Rio mais organizadas em 2013"
- Calendário de todas as Paradass do Brasil (2013)

Um comentário:

  1. Só não entendo é a presença destas pseudo-celebridades como madrinhas e homenageadas ... aff

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.