Casamento é uma, senão a maior, prova de amor entre dois namorados (como tudo na vida, há exceções). É uma decisão séria, mas quando conscientemente tomada, se torna também um acontecimento que pode unir as famílias dos nubentes LGBT quando são contrárias à orientação sexual e ao fato de estes a assumirem publicamente.

Veja bem, não estou afirmando que o matrimônio é a solução para os imbróglios familiares que têm a sexualidade como causa. Porém, se a bandeira branca não for hasteada até o ato em si, com o passar do tempo, todos hão de convir que o amor é incondicional e tudo o mais é secundário.

Em setembro, o Identidade G publicou a postagem "Oito pedidos de casamento que podem fazer você chorar" e se tornou uma das mais apreciadas do blog. Desta vez, será mostrado um vídeo apenas e até mais antigo que aqueles. Ou melhor, é o vídeo. E não é um pedido, mas a cerimônia de casamento dos diplomatas Alécio e Luiz Felipe, onde percebemos outros amores. 

Em destaque está o amor do casal, claro. Contudo [eu diria especialmente], mostra outras espécies de amor: o materno, o paterno e o fraterno -- este, dividido entre os amigos e parentes, dos quais se sobressaem crianças que entregam os anéis na cerimônia. Tem coisa mais linda que crianças vivendo em ambiente de paz, amor e livres de preconceito? A emoção toma conta de vez na parte em que os pais de Luiz Felipe o acompanham de mãos dadas com ele até o altar e o entrega ao futuro marido, Alécio, que momentos antes se "despede" da mãe com um emocionado beijo.

A filmagem é bacana, produzida pela Brigadeiro Filmes. É surpreendente saber que a ideia começou a ser pensada em abril de 2011, um mês antes de o STF decidir a favor da união homoafetiva, um pronunciamento que abriu portas para outras importantes tomadas de decisão vindas de outros órgãos do Poder Judiciário (e até Executivo), dentre as quais a do CNJ que obriga os cartórios do País a converter união homoafetiva em casamento.

Confira a seguir. Depois, se interessar, pode ler uma entrevista dos dois no site "Casando Com Amor".


Um comentário:

  1. muito legal mesmo e que o Congresso Brasileiro e o Poder Judiciário não permitam que os imbecis dos Felicianos da vida estraguem esta conquista ...

    ResponderExcluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.