O ex-vice-presidente dos Estados Unidos Dick Cheney afirmou nesta segunda-feira que está "incomodado" com a disputa entre suas filhas Liz e Mary (respectivamente da esquerda para a direita na foto) no Facebook sobre o casamento entre homossexuais, e defendeu à primeira delas dos ataques que recebeu após expressar sua opinião contrária às uniões entre os gays.

Cheney, que em 2009 declarou seu apoio ao casamento gay sempre que este seja autorizado pelos Estados, reagiu a uma polêmica que tomou conta das redes sociais desde o último domingo. Sua filha Liz, candidata ao Senado dos EUA, afirmou ser contrária ao casamento gay, apesar de sua irmã Mary ser casada com uma mulher.

"Este é um assunto com o qual lidamos em particular durante muitos anos, e estamos incomodados por ver que se tornou público", disseram em comunicado Cheney e sua mulher, Lynne.

O vice-presidente dos EUA durante o mandato de George W. Bush (2001-2009) quis deixar "claro" que sua filha mais velha, Liz, "sempre acreditou na definição tradicional do casamento, mas sempre tratou a irmã e sua família com amor e respeito, como deve ser", acrescentou o casal.

A disputa começou com uma entrevista televisiva de Liz, que está imersa em uma dura campanha para ser escolhida como candidata do Partido Republicano ao Senado por Wyoming nas primárias para as eleições legislativas de 2014.

"Amo muito minha irmã Mary. Amo muito sua família. Este é simplesmente um assunto no qual estamos em desacordo", disse Liz Cheney no programa Fox News Sunday.


A companheira de Mary, Heather Poe (ao seu lado na foto acima), não demorou a criticar sua cunhada no Facebook .

"Liz foi uma convidada em nossa casa, passou tempo e participou de festas com nossas crianças e quando Mary e eu nos casamos em 2012 ela não duvidou em nos dizer o quão feliz estava por nós. Escutá-la dizer agora que não apoia nosso direito ao casamento é uma ofensa", escreveu Heather.

Pouco depois, Mary Cheney compartilhou a mensagem escrita por sua companheira no Facebook e acrescentou: "Liz, este não é simplesmente um assunto no qual estamos em desacordo; você está equivocada e está no lado errado da história".

As declarações de Liz Cheney fazem parte de sua tentativa para se apresentar como uma candidata mais conservadora do que seu adversário nas prévias, o veterano senador Mike Enzi, que está há mais de 15 anos no cargo e conta com uma sólida reputação em Wyoming, um estado majoritariamente republicano.

Fonte: Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.