Foto Severino Silva - AG O Dia
Dois homens foram flagrados praticando sexo numa sala de aula da Universidade Estácio de Sá, Zona Norte do Rio. Outro aluno flagrou os 'colegas' e chamou o segurança da instituição, Ricardo Lima (foto).O caso foi registrado na 25ª DP (Engenho Novo). Os homens responderão pelos crimes de ato obsceno e racismo.

De acordo com o 3º BPM (Méier), no local foi foi encontrada uma garrafa de vodca e os dois rapazes reagiram à abordagem do segurança - que é negro - com xingamentos e palavras de racismo.

Em nota, a Estácio afirmou que só um dos flagrados é estudante da universidade. Disse também que acompanha o desenrolar do episódio junto às autoridades policiais e reafirma seu compromisso com a segurança e o bem-estar dos alunos em suas dependências. [Fontes: G1 e R7]

Universidade não é lugar pra beber, menos ainda para fazer sexo. Mas esses "sem-noção" não estão sozinhos. Confira abaixo flagras de casais héteros em lugares ou situações tão inusitadas quanto. 

(1) Casal flagrado fazendo sexo por uma câmera do circuito interno de segurança na Universidade de Jiangnan, em Wuxi, China. Os dois foram suspensos e a polêmica começou após os alunos compartilharem as imagens na rede social Weibo, espécie de Twitter local.


(2) Correu o mundo. Durante a transmissão ao vivo de um jogo de vôlei entre Rússia e Alemanha, a câmera flagrou o casal abaixo num sexo oral.


(3) Sexo na rua é bom? Esse casal da cidade de Krefeld, Alemanha, adora. A cena podia ser vista pelos motoristas que passavam pelo local. Um deles avisou a polícia e o casal foi preso, segundo o jornal inglês "The Sun".


(4) As cenas a seguir são flagrantes do "Google Street View". 

Essa literalmente não perdeu o rebolado
Efeito Hugh Grant
Quem já não precisou de uma mãozinha na rua? 
Ele achou que as pessoas pensariam que era um presente pra filha dele?
Essa é incomparável. Vídeo exibe casal fazendo sexo no carro enquanto ele dirigia (?) numa via expressa, em Eisenhower (Chicago). Os dois continuaram mesmo após perceber que estavam sendo filmados. Saiu no Daily Mail.


4 comentários:

  1. concordo q lugares públicos não são mesmo para demonstrações íntimas ... mas convenhamos ... tanto barulho só pq eram gays ... vai me dizer q o babaca q denunciou nunca fez das suas neste sentido ... muita hipocrisia ...

    ResponderExcluir
  2. Só para constar: NÃO EXISTE mais crime de atentado violento ao pudor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ok, Marcos,está revogado desde 2009. Contudo, ainda é uma tipificação muito usada popularmente. Mas sem dúvida foi um equívoco da redação do site G1 (fonte da matéria sobre a prisão dos dois homens). Acredito que o jornalista quis se referir ao crime de ato obsceno, previsto no artigo 233 do Código Penal.
      Obrigado.

      Excluir

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.