O jornalista televisivo norte-americano Thomas Roberts (o da esquerda na foto), 41 anos, casado há 1 ano com Patrick Abner, com quem já se relacionava há 12 anos, aceitou o convite para apresentar o Miss Universo 2013, na Rússia, ao lado da cantora Mel B.

Ao contrário do apresentador Andy Cohen (o da direita), 45 anos, que ocupava o posto há dois anos, mas declinou o convite este ano como forma de protestar contra as leis homofóbicas promulgadas pelo presidente russo, Vladimir Putin, o jornalista encarou a oportunidade como uma maneira de lutar pela comunidade LGBT da Rússia.

Em agosto, o Miss Universo já havia publicado uma nota de repúdio à atitude do governo russo, afirmando que a lei proibitória da realização de propagandas homossexuais é “diametralmente oposta” aos valores básicos do concurso, que prega a igualdade.

Em seu blog, no site da rede televisiva NBC, Roberts deixou claro seu repúdio pela postura do governo russo, mas justificou sua decisão de não boicotar o evento. 

“Boicotar e difamar de fora é muito fácil. Em vez disso, prefiro oferecer meu apoio à comunidade LGBT na Rússia e apresentar esse evento como um jornalista, um âncora e um homem que por acaso é gay. Deixe as pessoas verem que não sou diferente de ninguém”, acrescentou.


O concurso será neste sábado (9/11). A representante brasileira é a estudante e modelo matogrossense Jakelyne Oliveira, de 20 anos, 57 kg, 1,76m. A transmissão será pela Band, a partir das 22:15h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.