Nesta segunda-feira (02/12), pouco antes de entrar para o Brasileiros do ano 2013, evento que homenageia as personalidades que mais se destacaram no ano (pela Editora Três), Fábio Porchat, um dos homenageados como "Brasileiro do Ano" das novas mídias, concedeu uma entrevista ao site Flashland e comentou sobre os boatos de que seria homossexual.

"Não me incomoda. Não é uma ofensa. Se falassem que eu era ladrão, bandido, eu ficaria chateado. Essa história (homossexualidade) foi uma jornalista que inventou. O que me incomoda nessa mentira é que, se inventaram isso, podem inventar qualquer outra coisa."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para se cadastrar, preencha o formulário na coluna do lado direito do blog.
Seu comentário é bem vindo, desde que:
1. possua nome e link válidos;
2. não contenha cunho racista, discriminatório ou ofensivo a pessoa, grupo de pessoas ou instituições;
3. não contenha cunho de natureza comercial ou propaganda.
Grato pela compreensão.